Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL



Quarta-feira, 07.01.09

MEDIDAS TARDIAS PARA O CENTRO HISTÓRICO

  
A saída da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) do centro histórico para o Tecnopolo, na periferia da cidade, “será uma machadada fatal no comércio local, uma vez que os estudantes são ainda quem garante algum movimento na zona”. A consideração é da concelhia do PSD de Abrantes e surge na sequência do pacote de medidas anunciado pelo executivo camarário visando a revitalização da zona antiga da cidade.  
 
Entre outros aspectos, o executivo liderado pelo PS decidiu isentar o comércio e serviços de taxas de publicidade, além de promover a requalificação de imóveis com benefícios fiscais e isenção de taxas. Medidas que o PSD considera pecarem por tardias. “Foi preciso esperar pelo final do terceiro mandato socialista e pela véspera das eleições para o actual executivo dar finalmente cumprimento a uma das medidas pelas quais o PSD de Abrantes mais se tem batido nos últimos anos”, afirma a concelhia “laranja”, liderada por Gonçalo Oliveira, em comunicado. 
 
Segundo o PSD de Abrantes, a requalificação do centro histórico, promovida pelo executivo socialista, sem a criação de parqueamento automóvel que permitisse acesso fácil ao núcleo histórico, “asfixiou completamente o comércio local e afugentou as pessoas do centro histórico”.

 

in O Mirante de 8/1/2008

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 07.01.09

E O BURRO SOU EU?

Santana-Maia Leonardo - in Semanário de 2/1/2008

  

Do mundo civilizado, Portugal é o país onde os alunos passam mais tempo na escola, brincam menos, passam mais horas a fazer trabalhos de casa, têm a maior carga horária, têm o maior número de disciplinas, são mais pressionados pelos trabalhos da escola e são mais desconsiderados.
 
Ou seja, os burros dos alunos (é assim que são tratados pelos inteligentes que nos governam, pelos inteligentes que os ensinam e pelos inteligentes que escrevem nos jornais) não se conseguem mexer com a carga que lhes põem em cima. Qualquer burro percebe isto. E qualquer burro também percebe que, para os burros dos alunos conseguirem andar um pouco mais depressa, tem de se lhe aliviar a carga.
 
Só mesmo os inteligentes deste país é que não percebem isto. Para os inteligentes, o mal reside na cultura do facilitismo, na falta de disciplina, na desvalorização do método e do esforço e a solução para o problema é, obviamente, carregar ainda mais o burro: com mais disciplinas, mais aulas de substituição, mais aulas de apoio, mais trabalhos de casa, mais horas de estudo, com programas mais exigentes, etc. etc. E há já mesmo quem defenda a vergastada, como se fazia antigamente, para fazer o burro andar.
 
Por mais que se explique, os inteligentes deste país não conseguem perceber que o peixe cozido não faz bem às crianças, se for comido em cima de um cozido à portuguesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

3.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D