Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL



Quarta-feira, 18.02.09

ASSOCIATIVISMO E CIDADANIA

por Manuel Catarino

 

Radiquei-me há poucos anos em Mouriscas e a visão que tenho das associações e da forma como alguns mourisquenses participam na vida dessas associações não é propriamente coincidente. É claro que, quando aqui cheguei, todas estas associações, que têm, como fim, áreas tão diferentes como a económica, desportiva, cultural, social e lúdica, já se encontravam criadas e não vivi as paixões, interesses ou mesmo conflituosidades que estiveram na sua génese e vivências posteriores.
 
Creio que haverá na freguesia de Mouriscas cerca de uma dezena de formações de carácter associativo, algumas delas com o mesmo fim. Das mais antigas, temos duas na área da olivicultura, duas na área desportiva, duas na área musical que, acredito, surgiram devido à dispersão geográfica, aliada ao tempo, a uma forte densidade populacional e a fenómenos bairristas. Mais recentemente surgiram outras associações que já atravessam toda a sociedade mourisquense e onde aqueles fenómenos não se manifestam. Olhando para este mapa, creio que teremos associações a mais para o nosso universo populacional actual.
 
Acredito que os objectivos e dinâmica do associativismo actual estão longe das iniciativas e formas de estar de outros tempos. O associativismo actual assenta, cada vez mais, numa promoção de parcerias, de uma coexistência com respeito pelo outro, de uma promoção global e efectiva tanto do Homem como do Grupo.  
 
Acredito que as associações terão que dar resposta às carências não só dos associados, mas sobretudo da sociedade onde territorialmente se encontram implantadas. Acredito que o associativismo é uma das formas mais nobres do exercício da cidadania. É um acto de voluntariado e de liberdade não sujeito a comandos externos.
 
Mas, também acredito, que as direcções das associações não podem ser estáticas. É forçoso que, com o respeito pela diferença, proponham aos seus associados, neste conceito abrangente e solidário, a fusão de associações com fins idênticos, que fomentem parcerias, visando a optimização dos meios existentes e uma procura concertada de novos meios.
 
Mas, também acredito, que as direcções das associações não podem adormecer sobre a obra feita. É indispensável uma interacção com os sócios, parceiros e população em geral para manter vivas essas associações e a descoberta de novos caminhos. É indispensável que as direcções proponham objectivos exequíveis em programas que, a bem da credibilidade, importa cumprir. Sem cidadania e uma efectiva participação dos cidadãos, as associações estão vazias do seu conteúdo humano e mesmo ético.
 
Estive há algum tempo numa associação de carácter social e vi com mágoa a falta de participação dos associados no quotidiano da associação e mesmo nos actos mais solenes, tais como assembleias-gerais. Também vi, com mágoa, posturas intransigentes e actos de afirmação incompreensíveis que criam clivagens e que não propiciam participações construtivas. Estar numa associação é um acto de cultura cívica e ser dirigente não o entendo como uma obrigação e um dispêndio de tempo e dinheiro, mas uma alegria e um enriquecimento cultural. Encontrei novos amigos e sinto-me reconhecido por ter participado num projecto edificante, que gostaria de ver partilhado.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Perfil

3.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Fevereiro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D