Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL



Sexta-feira, 17.07.09

ENCERRAMENTO DO HOSPITAL DE DIA

 

A candidatura do PSD à Câmara Municipal de Abrantes vê com grande preocupação a situação actualmente vivida no Hospital de Dia da Unidade de Abrantes, integrada no Centro Hospitalar do Médio Tejo.
 
Actualmente, na área de oncologia, responsável pela maior fatia de trabalho nesta vertente hospitalar, apenas se faz o acompanhamento dos doentes que já a frequentavam anteriormente. E mesmo essa situação está em risco de continuar a partir de Agosto.
 
Desde há um ano para cá que o Hospital de Dia da nossa Unidade tem vindo paulatinamente a esvaziar-se, com perda de serviços desviados para as outras Unidades do Centro Hospitalar, correndo-se agora um risco real de encerramento dos poucos serviços que restam por falta de decisão clara e atempada do respectivo Conselho de Administração.
 
Com esta situação e com os seus possíveis nefastos desenvolvimentos, sofrem, em primeiro lugar, as nossas populações e famílias respectivas, e, em segundo lugar, os profissionais que nele prestam os seus serviços, na medida em que vêem a sua situação indefinida, com o consequente desgaste que em nada os beneficia, nem à Instituição.
 
Esta situação, observada na área da Saúde, tal como acontece em diversas outras áreas, é a demonstração da diminuição da importância de Abrantes a nível regional, o que vem acontecendo nos últimos quinze anos por força da inacção dos sucessivos executivos socialistas e que se tem traduzido por uma contínua perda de competências e serviços a favor de outros concelhos.
 
O Partido Social Democrata de Abrantes, para quem as pessoas são o princípio e o fim de toda a acção política, vem solidarizar-se com todos os doentes que frequentam o Hospital de Dia e suas famílias, assim como com os respectivos profissionais e reiterar com veemência a necessidade de este serviço ser plenamente reactivado e estar ao serviço das populações.
 
O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo deve decidir e assumir claramente o que pretende para esta área e essa decisão não poderá ser outra senão a de dotar o serviço com profissionais que o possam assegurar em termos de médio/longo prazo.
 
É o que o Concelho de Abrantes exige, merece e espera.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Perfil

3.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Julho 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D