Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

28 Jul, 2021

O Colégio La Salle

Ao olhar a esta distância para a obra do Colégio La Salle de Abrantes na sua curta existência (1959-75), não posso deixar de reconhecer os seus méritos, tanto mais que aquele Colégio representa hoje o modelo utópico da escola moderna: uma escola a tempo inteiro, empenhada na formação integral do aluno. O Colégio La Salle, recordo, tinha dois campos de futebol, vários campos de (...)
Otelo, com as suas contradições, é bem o espelho de um regime com os valores de pernas para o ar. Por um lado, amnistia-se Otelo pela prática do crime de terrorismo por ter sido o estratega do 25 de Abril, o que choca abertamente com o Estado de Direito. Por outro, decide-se não se fazer luto nacional no dia da morte do principal responsável pelo golpe militar do 25 de Abril, o acontecimento mais marcante da história de Portugal dos últimos cem anos, por todas as razões que de (...)
Devo começar por chamar a atenção de André Ventura que se quiser instaurar em Portugal uma ditadura das pessoas de bem vai ter de recorrer à imigração em massa, porque, em Portugal, não existe, neste momento, gente suficiente para garantir sequer o funcionamento do governo... Há por aí muita gente que acha que o problema português é do sistema e que facilmente se resolvia com (...)
Faz hoje 75 anos que Salazar foi capa da revista Time juntamente com uma maçã podre que simbolizava o país. 75 anos passados, Salazar morreu e o regime mudou, mas a capa continua actual, quanto à maçã. Bastava substituir a foto de Salazar pela foto de António Costa e a capa ficava actualíssima.
22 Jul, 2021

O povo culto

Os povos serão cultos na medida em que entre eles crescer o número: -    dos que se negam a aceitar qualquer benefício dos que podem;  -    dos que se mantêm sempre vigilantes em defesa dos oprimidos não porque tenham este ou aquele credo político, mas por isso mesmo, porque são oprimidos e neles se quebram as leis da Humanidade e da razão;  -    dos que se levantam, sinceros e corajosos, ante as ordens injustas, não também porque saem de um dos campos em luta, mas (...)
Hoje é ponto assente para o homem comum que os políticos são todos uns aldrabões e que só querem tacho. Todavia também é verdade que a seriedade e a honestidade não são qualidades que os eleitores valorizem num político. Antes pelo contrário. Não é, pois, de admirar que indivíduos condenados, indiciados ou envolvidos em casos de corrupção, favorecimento pessoal ou abuso de (...)