Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

2.jpg

 

A Bola de Ouro, que inicialmente era um troféu pouco valorizado, está a transformar-se numa competição, patrocinada por agentes como Jorge Mendes, que está a desvirtuar o verdadeiro espírito do futebol, um desporto colectivo e de clubes e não de jogadores como o ténis.

E a loucura egocêntrica chegou ao ponto do absurdo de já estar a gerar uma legião de tontinhos que torcem por jogadores, em vez de torcerem por clubes, para já não falar do museu de CR7 com os troféus que as suas equipas venceram como se fossem troféus individuais????!!!...

Aliás, este é o comportamento típico do líder português, seja político ou desportivo. Se a equipa ganha, recolhe os louros assumindo sozinho a inteira responsabilidade pela vitória. Se a equipa perde, atira as culpas para cima da equipa.

Ora, não há um único jogador, por muito bom que seja, que consiga ganhar o que quer que seja sem uma boa equipa de bons jogadores.

Sem um bom guarda-redes, nem Messi, nem Ronaldo, nem Salah ou Mané conseguem ganhar qualquer título. Sem bons centrais e uma boa defesa idem idem aspas aspas. Sem um bom meio-campo, é para esquecer. E os avançados estão no fim da linha, acabando por receber os louros se tudo o resto funcionar na perfeição.

Como sempre tenho defendido, a Bola de Ouro devia destinar-se à melhor equipa e não ao melhor jogador, para voltar a recentrar os valores que devem presidir a todo o jogo de futebol: o jogo de equipa.

3.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.