Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

MERCADO DIÁRIO

Declaração dos vereadores do PSD

    

Um Mercado Diário pujante, alimentado pela actividade agrícola praticada nas freguesias mais rurais e também nas franjas das zonas urbanas, é absolutamente essencial ao equilíbrio e saúde social e económica de qualquer cidade, independentemente da existência ou não de maior ou menor número de médias ou grandes superfícies.

 

Sendo certo que, em Abrantes, o Mercado Diário é hoje um dos poucos pólos de interesse com potencialidade, por um lado, para atrair gente ao Centro Histórico e, por outro, ajudar a impedir a desertificação das freguesias de características mais rurais, ao fornecer um local de comercialização dos seus produtos.

 

Há dez anos que o PSD vem reclamando uma intervenção da autarquia no Mercado Diário, uma vez que saltava aos olhos de qualquer um que o Mercado Diário não reunia as condições mínimas exigíveis, em termos de higiene e saúde pública, para poder funcionar, tal o estado de degradação a que tinha chegado.

 

O encerramento do Mercado Diário pela ASAE é uma vergonha para a autarquia, para mais tendo como presidente uma pessoa licenciada precisamente nessa área.

 

Para os vereadores do PSD, não é admissível que a Câmara não tenha realizado as obras necessárias para manter em funcionamento o Mercado Diário, quando gastou o dobro do dinheiro necessário para a esta obra na escultura à beira Tejo e o triplo no projecto do museu.

É uma questão de prioridades.

 

Se não havia dinheiro para as três coisas (Mercado Diário, escultura e projecto do museu), então devia ter-se dado prioridade ao Mercado Diário, porque este é o verdadeiro barómetro da saúde social e económica das nossas cidades, no geral e dos seus centros históricos em particular, para além de ser das três a mais barata.

 

E não se diga que nada se fez à espera da execução do projecto megalómano previsto para o local, uma vez que saltava aos olhos do mais desprevenido, como fizemos questão de salientar durante a última campanha eleitoral, que acenar com esse projecto só podia servir para justificar o adiamento da requalificação do espaço porque era evidente que era irrealizável nos anos mais próximos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.