Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL



Domingo, 12.04.09

JOÃO PAULO É O CANDIDATO EM RIO DE MOINHOS

 

João Paulo Leitão Rosado foi escolhido, por unanimidade, como candidato social-democrata à Junta de Freguesia de Rio de Moinhos e conta com o apoio expresso e empenhado de Rui André, seu grande amigo e actual presidente desta Junta de Freguesia.
 
João Paulo tem 38 anos e é, desde 2001, o tesoureiro da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos, tendo realizado todos os Orçamentos e Prestação de Contas desta freguesia que, saliente-se, foram sempre aprovados por unanimidade pelas diferentes Assembleias de Freguesia. 
 
Natural desta freguesia, onde reside, é licenciado em Gestão de Empresas, sendo actualmente o responsável pela Divisão de Contabilidade de uma empresa multinacional da região.
 
É, desde 2007, o presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Oeste (Abrançalha de Baixo, Amoreira, Martinchel, Pucariça e Rio de Moinhos) e membro do Conselho Geral Transitório do Agrupamento Dr. Manuel Fernandes de Abrantes. 
 
Grande adepto do desporto, jogou futebol no Sporting Clube de Abrantes (onde foi campeão distrital de juvenis), Dragões de Alferrarede, na Casa do Povo de Rio de Moinhos e na Associação de Moradores de Amoreira. Por sua vez, na Faculdade, foi membro da direcção da Associação de Estudantes, sendo responsável pela área desportiva.
 
Para além do rigor e coerência que o caracterizam, é uma pessoa que tem dedicado muito do seu tempo disponível à comunidade. O seu principal objectivo é contribuir para que a Freguesia de Rio de Moinhos crie melhores condições para aqueles que já a habitam e se torne cada vez mais atractiva para aqueles pretendam cá residir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo, 12.04.09

JÁ SÓ FALTAM SEIS MESES

por Gonçalo Oliveira

 
Os últimos 16 anos foram anos de oportunidades perdidas. O município não soube acompanhar o desenvolvimento global e europeu, preferindo acantonar-se no seu reduto, sem saber como de lá sair. É confrangedor a situação que vivemos, em que, todos os dias, jovens migram e emigram à espreita de novas oportunidades, à espreita de melhores condições de vida.
 
Num desnorte completo, o actual executivo, inflecte de estratégia com a rapidez de quem não sabe para onde se virar e opta pelo caminho mais fácil. Senão vejamos, como foi possível deixarem chegar ao estado a que chegarem inúmeras IPSS’s, fundamentais à coesão social do concelho? Como foi possível que milhares de jovens casais abandonassem as suas aldeias e o próprio concelho para se estabelecerem no Entroncamento ou em Torres Novas, só porque um PDM absurdo e ignóbil ainda não foi revisto? Como foi possível ignorar os espaços de convívio nas aldeias do concelho, locais onde pessoas de todas as idades conviviam nos seus tempos livres? Como foi possível, só ao fim de 16 anos, constatarem que o Centro Histórico da cidade não existe?
 
É verdade que Abrantes gastou muito dinheiro em grandes obras mas também é verdade que perdeu todas as oportunidades de desenvolvimento. Abrantes é hoje um concelho de terceira ordem e, pior ainda, maltratou os seus e ignorou a sua história.
 
Mas nem tudo são más notícias. Com efeito, já só faltam seis meses para as eleições autárquicas. Ou seja, já só faltam seis meses para darmos um novo rumo à nossa autarquia. Uma autarquia onde os abrantinos possam ter mais e melhor apoio à terceira idade e às crianças; mais oportunidades para os jovens; melhores equipamentos culturais e de convívio; melhor ordenamento do território; enfim, um município ao serviço dos seus habitantes e que devolva e enalteça a nossa identidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

SML 1b.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D