Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

por António Belém Coelho

 

A candidatura autárquica do Partido Social Democrata efectuou, em pleno Centro Histórico, no último fim-de-semana, uma conferência de imprensa, protagonizada pelo seu candidato à Câmara Municipal, Dr. Santana Maia, sobre algumas das medidas que considera necessárias para salvar o Centro Histórico de Abrantes do definhamento em que se encontra, apesar das intervenções que sofreu durante os últimos anos.
 
Do que ficou proposto, e que certamente a Comunicação Social regional dará eco também neste jornal, uma vez que esteve presente praticamente em peso, ressalta a vontade de recuperar funções principais que um Centro Histórico deve executar, nomeadamente função habitacional, comercial, cultural e de convivialidade, que efectivamente se foram perdendo e que criaram uma situação que hoje, nas palavras dos ainda resistentes (moradores e comerciantes), parece não ter remédio.
 
Visível nos muitos anúncios de “arrenda-se”, “vende-se”, etc; visível no panorama absolutamente desolador de muitas ruas que não as principais, no que respeita ao grau de decrepitude de muitos edifícios. Visível ainda no quase deserto que são a generalidade dos fins-de-semana.
 
Com efeito, ao defender, designadamente, a instalação, no Centro Histórico, do centro de saúde, da loja do cidadão e da tesouraria dos SMA, o regresso do mercado semanal, a manutenção da câmara, a reavaliação de algumas medidas de circulação tomadas, a implementação de um circuito de transportes gratuito entre os principais eixos e focos de parqueamento, a construção de um parque no Centro Histórico, adequado às necessidades e exigências de revitalização do mesmo, entre outras medidas, a candidatura autárquica do PSD está a defender um centro histórico vivo, habitado e com vitalidade económica. Sem pessoas, não há esperança para o Centro Histórico de Abrantes, por mais projectos e medidas que se enunciem.
 
Mas não basta querer que haja pessoas a morar e a circular no Centro Histórico: é fundamental criar condições para que isso aconteça. E só é possível trazer pessoas para o Centro Histórico, se aqui forem instalados novos serviços, comércio e outras actividades atractivas, conjugando facilidade de circulação pedonal e rodoviária.
 
As medidas enunciadas pela candidatura do PSD, a implementar no próximo mandato, se assim os Abrantinos o entenderem, apontam nesse sentido. A favor de Abrantes e dos seus cidadãos.