Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

RESPOSTA DA PRESIDENTE DA CÂMARA

AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS DOS VEREADORES DO PSD

 

Saneamento na Barca do Pego (vide http://amar-abrantes.blogs.sapo.pt/123209.html)
 
Os SMA têm a intenção de executar rede de drenagem na Barca do Pego e reencaminhar efluente, através de EE, para ETAR da Fonte Quente. Foi já colocado colector e logo que o projecto de execução para a EN nº 3 e EE esteja pronto será concluída a obra. Relativamente à Rua da Barca, o colector que foi colocado abrange todas as habitações existentes até à linha férrea.

RESPOSTA DA PRESIDENTE DA CÂMARA

AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS DOS VEREADORES DO PSD

  
Poda de plátanos no Pego (vide http://amar-abrantes.blogs.sapo.pt/123455.html)
 
As árvores são elementos importantes para o equilíbrio ecológico e paisagístico. Os plátanos existentes no Largo do Cruzeiro, no Pego, não se adequam, actualmente, ao local onde se inserem estando a provocar danos nos pavimentos e a colidir entre si, bem como com os equipamentos urbanos e infra-estruturas várias existentes. Não obstante este facto, consciente da importância afectiva e simbólica que estas árvores assumem na comunidade, a Junta de Freguesia está apenas a efectuar a poda dos plátanos visando eliminar a conflituosidade entre os ramos de árvores demasiado próximas e evitar que estes, por serem muito compridos estejam a ocupar o espaço aéreo sobranceiros à estrada nacional e algumas habitações, pretendendo-se ainda que sejam cortadas algumas raízes superficiais e reposta a calçada nas zonas mais degradadas. A intervenção referida no ponto anterior deverá, contudo, ser encarada como uma solução temporária, sendo entendimento dos serviços da Câmara Municipal de Abrantes que os plátanos deverão ser substituídos, de forma gradual, por outras espécies adequadas às características do espaço em que se irão implantar. Lembrou ainda que em 2007 um grupo de cidadãos enviou ao Provedor de Justiça e ao Delegado de Saúde de Abrantes um abaixo-assinado, no qual manifestavam contra a existência dos plátanos.