Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

Mirante on-line de 8/2/2012

.

A Câmara de Abrantes decidiu na segunda-feira abrir o procedimento concursal para adjudicar o projecto de recuperação do Convento de São Domingos visando a instalação no monumento da Fase 1 do MIAA - Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes.

.

Com essa decisão, a autarquia confirma que esse projecto cultural avança, pelo menos para já, sem a construção da polémica torre no centro histórico da cidade, da autoria do arquitecto Carrilho da Graça, que gerou uma onda de contestação na cidade.

.

Esse facto mereceu a concordância da oposição no executivo, com os vereadores do PSD a deixarem no entanto críticas à maioria socialista por ter "gasto inutilmente tempo, muito dinheiro e energias para finalmente acabar, mais uma vez, por adoptar a solução que os candidatos e vereadores eleitos pelo PSD sempre defenderam e pela qual foram tão criticados pelos socialistas".

.

Na sua declaração de voto, os vereadores do PSD Santana-Maia Leonardo e António Belém Coelho dizem esta é a "solução ideal e sensata", pois "dá ao convento um destino nobre" e, além disso, "a despesa com a sua recuperação e remodelação sempre se teria de realizar, mais tarde ou mais cedo".

.

Os vereadores do PSD deixaram também claro que não acreditam que a famigerada torre, que classificam como um "projecto megalómano", venha algum dia a ser construída. "Quanto à alegada segunda fase da construção do museu, respeitante à construção da torre, toda a gente sabe que a mesma só já se mantém no projecto para os socialistas salvarem a face e evitarem ter de dar, publicamente, razão aos vereadores eleitos pelo PSD, reconhecendo o óbvio, ou seja, que a torre vai ser construída no dia de São Nunca à tarde".

.

Ver secção (I) do DOSSIÊ II: Museu Ibérico