Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL



Quinta-feira, 23.02.12

SER ANTI-ALEMÃO ESTÁ NA MODA

Miguel Gaspar - Público de 23-2-12

(...) Esta coisa de ser ser anti-alemão está na moda mas não é tão simples como parece. Eu, por exemplo, gosto dos alemães, apesar de eles serem um bocado quadrados. Gosto da eficácia deles, do facto de serem organizados, metódicos, rigorosos e pontuais.

.

Em Portugal, chegar atrasado é uma forma de afirmar a posição social, não ser rigoroso é a prova de que se é criativo, ser organizado um atentado à capacidade de improvisação.

.

O estereótipo do português, o qual damos como bom, é o de uma cultura que não gosta de resolver e assumir as responsabilidade pelos seus próprios problemas e acredita que a sorte ou a mãozinha do Além tratarão do assunto.

.

É por sermos assim que entregamos de boa vontade o nosso destino a terceiros. No fim de contas, a marca de um país que foi ao mesmo tempo império e protectorado. Porque tudo isto já era assim antes de a troika existir.

.

Por isso, queixarmo-nos dos alemães é, no essencial, uma maneira de não nos queixarmos de nós próprios. E de nos mantermos suavemente irresponsáveis e irrealistas.
.
Sim, os alemães são uns chatos, mas vejam este pormenor. O presidente Christian Wulff, por exemplo, demitiu-se por ir ser investigado por ter favorecido um cineasta que lhe terá pago umas férias.

.

Em Portugal, quantos políticos acham uma injustiça que os queiram obrigar a abandonar os seus cargos quando são acusados ou mesmo depois de terem sido condenados - mas antes de essa condenação encalhar no mar das prescrições judiciais? (...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 23.02.12

A COBARDIA DEU À COSTA

Santana-Maia Leonardo - in A Barca

.

Durante os últimos trinta anos, a esquerda pós-modernista, no seu ódio irracional aos valores tradicionais, lançou uma campanha sem precedentes contra a honra, a trave-mestra do edifício dos valores, com vista à sua completa erradicação. E a verdade é que praticamente o conseguiu, tendo em conta que a honra é hoje um valor que não só não é valorizado nas relações sociais como é desconhecido da maioria da população.

.

O fim do serviço militar obrigatório, onde os mesquinhos interesses individuais eram sacrificados em nome de um interesse superior e colectivo, foi a machadada fatal numa organização social em que a honra era trave-mestra.

.

Quando fui professor de Português do ensino secundário, dei-me ao trabalho de fazer um inquérito sobre o valor «honra» em todas as minhas turmas do 11º e 12º ano e não houve um único aluno que fizesse a mínima ideia do que aquilo significava.

.

Foi, pois, com naturalidade que a máxima pós-modernista «mais vale um cobarde vivo do que um herói morto» se impôs como guião não só do povo português como também de grande parte dos povos da Europa. 

.

Não posso, por isso, deixar de estranhar a indignação dos portugueses e italianos com a falta de coragem do capitão do "Costa Concordia". Ele apenas seguiu o guião do nosso tempo, ainda que, como parece agora saltar aos olhos de toda a gente, um herói morto valha sempre muito mais do que um cobarde vivo. E por uma razão óbvia: a vida de um cobarde custa quase sempre muitas vidas inocentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

SML 1b.jpg



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D