Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

ENCERRAMENTO DA ESCOLA PRIMÁRIA Nº2 DE ABRANTES

Pedido de esclarecimento dos vereadores eleitos pelo PSD

.

O vereador António Belém Coelho questionou sobre o encerramento da Escola Primária nº 2 de Abrantes.

.

A Presidente da Câmara explicou que foi feita uma avaliação na referida escola e que a nível infraestrutural apresenta algumas debilidades que têm que ser corrigidas.Salientou ainda que com a abertura dos novos centros escolares, a oferta educativa aumenta, logo é muito possível que o número de alunos que frequentam as escolas da cidade seja alterado. Assim do ponto de vista financeiro torna-se mais vantajoso aumentar duas salas de aula no centro escolar da encosta sul, em vez de recuperar a escola n.º 2 de Abrantes.

.

O vereador António Belém Coelho questionou se existe algum futuro para aquele espaço.

.

A Presidente da Câmara disse que existem várias hipóteses, mas só após a sua recuperação, é que se poderá decidir qual a melhor utilização a dar.

.

Ver Secção II do DOSSIÊ IX: Zona Centro

CENTROS ESCOLARES

Informação da Presidente da Câmara
.

A Presidente da Câmara começou por informar sobre a conclusão das obras dos centros escolares de Alferrarede, Bemposta, Rio de Moinhos e Tramagal e referiu que tudo aponta para que a mudança para essas escolas seja feita durante a interrupção do Carnaval. Explicou também que as escolas de Alferrarede Velha e Casais de Revelhos só transitarão no início do próximo ano letivo.

. 

O vereador António Belém Coelho referiu que o Presidente da Junta de Freguesia de Alferrarede, no último Conselho Geral, solicitou informações sobre a abertura dos centros escolares ao que a senhora Presidente transmitiu que a mudança só seria efetuada no início do próximo ano letivo. O vereador questionou se tinha havido alguma inversão relativamente a esta matéria e manifestou a sua apreensão pelo facto da mensagem que passou ao Presidente da Junta, já não ser a mesma que tinha sido expressa anteriormente.

. 

A Presidente da Câmara explicou que se trata de concursos públicos urgentes e como tal, os prazos têm de ser cumpridos e que foi essa a garantia dada pelos respetivos empreiteiros. Explicou também, que conversaram com os agrupamentos de escolas e chegaram à conclusão que, estando as escolas prontas a funcionar, não fazia sentido as mesmas estarem fechadas até setembro, e que nessa altura, far-se-á então a junção das outras escolas.

. 

O vereador António Belém Coelho disse que os vereadores do PSD são de opinião que, desde que o investimento esteja concluído, quanto mais cedo possa ser utilizado melhor.

 .

A Presidente da Câmara explicou ainda, que a transição das escolas terá de ser feita em articulação com as juntas de freguesia, pelo que a seu tempo, os Presidentes de Junta serão contatados para o efeito.

 .

Ver Secção IV do DOSSIÊ IX: Diversos

 

Os fadistas ribatejanos João Chora e Dora Maria deram, na noite do passado sábado, um grande espectáculo no Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal que teve a particularidade de contar com uma forte vertente de expressão corporal e de sonoridades universais, pouco habituais nos encontros fadistas.

.

Na dança, os pares João Paulo/Raquel Alves e Pedro Agudo/Ana Paula desenharam coreografias que variaram entre o tango, bolero e valsa.

.

Os músicos que acompanham os fadistas são Bruno Mira (guitarra portuguesa), Fernando Maia (viola baixo), Ricardo Alves (flauta transversal), Rafael Quinas (cajon) e o campeão do mundo de acordeão Natanael Teixeira.

. 

No entanto, não podemos deixar de destacar aqui as prestações de Dora Maria (Fado) e Raquel Alves (dança), candidatas de «Amar Abrantes», respectivamente, a presidente das Juntas de Freguesias de Alferrarede e S. Miguel de Rio Torto, nas últimas eleições autárquicas.