Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

PARQUE RADICAL - ILUMINAÇÃO PÚBLICA

Pedido de esclarecimento dos vereadores eleitos pelo PSD

. 

Na reunião da câmara de 20 de Fevereiro de 2012, os vereadores eleitos pelo PSD trouxeram aqui uma proposta para que a Câmara diligenciasse no sentido de evitar que a iluminação pública estivesse acesa durante o dia, como acontecia com o Parque Radical, até para que a factura a pagar pelos munícipes não fosse tão elevada.

.

Como a situação ainda se mantinha em 16 de Julho do corrente ano, solicitámos, na reunião desse dia, que a senhora presidente nos esclarecesse «a que se deve ou a quem se deve este continuado desperdício de energia eléctrica para que se lhe possa apresentar a respectiva factura».

.

No passado dia 1 de Agosto, foi-nos enviada uma carta pelo munícipe Artur Lalanda em que, depois de nos dar conta das suas iniciativas, durante dois anos, junto da Câmara Municipal de Abrantes para que a iluminação pública do Parque Radical não continuasse acesa durante o dia (designadamente, através de mails e cartas) e de  expressar a sua indignação pelo facto de a Câmara, durante todo este tempo, não tomar as providência necessárias, diz o seguinte:

.

«Ontem à tarde, as lâmpadas do Parque Radical já não acenderam de dia e sabe a srª presidente porquê?  Procurei o electricista municipal, que por acaso se encontrava de férias e pedi-lhe o favor de remediar o assunto, ao que acedeu prontamente.

.

Nem por ser tão fácil, a solução esteve ao alcance de muitos a quem ajudo a pagar o vencimento. A imagem de cada um, é o somatório de muitos pequenos nadas. Eu tinha vergonha!»

.

Custa-nos a crer que isto seja efectivamente verdade, porque, a ser assim, é mesmo motivo para morrer vergonha.

.

Com efeito, num tempo em que o Estado e as Câmaras esmifram o contribuinte até ao tutano, exigia-se que as entidades públicas tivessem, ao menos, algum cuidado para evitar o desperdício e esbanjamento dos recursos de todos nós.

.

Ora, é inadmissível que, depois de todas as nossas intervenções nas reuniões da câmara sobre este assunto e das diligências, durante dois anos, do munícipe Artur Lalanda junto da Câmara Municipal, a iluminação pública do Parque Radical continuasse acesa durante o dia quando, afinal e pelos vistos, bastava a senhora presidente ter pedido ao electricista da Câmara para resolver o assunto.

.

Pelo exposto, os vereadores do PSD vinham requerer que fosse solicitado ao electricista da Câmara Municipal de Abrantes a informação se o problema do desperdício de energia do Parque Radical foi resolvido na sequência do pedido que lhe foi feito directamente pelo munícipe Artur Lalanda.

.

Porque, caso tenha sido e ficando demonstrada a extrema simplicidade do procedimento para a resolução de um desperdício de energia manifesto, somos da opinião de que, por gritante negligência, caberia à senhora presidente, a título pessoal, assegurar o pagamento do montante inutilmente gasto em energia eléctrica desde o momento em que o assunto foi denunciado por nós na reunião da câmara de 20/2/2012 até ao dia 1/8/2012, data em que o electricista resolveu o problema a pedido do munícipe Artur Lalanda.

.

Ver Secção IV do DOSSIÊ IX: Diversos

TUDO COMO DANTES, QUARTEL-GENERAL EM ABRANTES

Proposta dos vereadores eleitos pelo PSD

. 

Proposta de Deliberação dos Vereadores eleitos pelo PSD, Santana-Maia Leonardo e António Belém Coelho, com o título “Tudo Como Dantes, Quartel-General em Abrantes”, propondo designadamente, o seguinte:

.

"A Câmara deverá transformar no principal desígnio do município a transferência para a região de Abrantes, por fases e na próxima década, do Hospital Militar, do Estado-Maior do Exército, do Ministério da Defesa e de todas as companhias militares situadas na região de Lisboa, envolvendo neste projecto as instituições, os órgãos de comunicação social, as forças vivas e os municípios da região, designadamente: Constância, Entroncamento, Chamusca, Sardoal, Ponte de Sor, Avis, Alter, Fronteira, Gavião e Nisa".

.

---------------------------------

Deliberação: A proposta foi aprovada, por unanimidade, como recomendação.

---------------------------------

  

Ver Secção IV do DOSSIÊ IX: Diversos