Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.." (Aristóteles)

COLUNA VERTICAL

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.." (Aristóteles)

03 Dez, 2012

A ARROGÂNCIA MORAL

 

«(...) O marxismo não trouxe a justiça social, nem encheu a barriga dos explorados, mas encheu de arrogância moral uma certa esquerda que fez da pobreza, que não conhece senão como abstracção, a sua bandeira e a sua razão. (...)»

.

Gonçalo Portocarrero de Almada - Público de 26/11/2012

 

 

«(...) Em 2013, o Estado Português vai gastar mais 8.000 milhões de euros do que o dinheiro que dispõe, mesmo depois de todos os cortes indiscriminados já feitos e dos aumentos de impostos "insustentáveis". Esse défice, por ora, é coberto pelo dinheiro da troika. Mas quando ele se acabar, como sobreviveremos, sem economia e sem receitas públicas suficientes? (...)»

 

Miguel Sousa Tavares - Expresso de 1/12/2012

02 Dez, 2012

SALAZARISMOS

João Pereira Coutinho - Correio da Manhã de 30/11/2012

.

O vinho ‘Memórias de Salazar’ ofende a ‘consciência colectiva’? Honestamente, não faço ideia: a única ‘consciência’ que conheço é a minha. No caso do vinho, seria mais interessante avaliar se ele ofende a consciência gustativa.

.

Sobre isso, nada saberemos: o Instituto Nacional de Propriedade Industrial resolveu proibir a titulatura da pinga. Em nome da ‘moral’ e da ‘ordem pública’. Eis a ironia: para proibir um nome comercial manchado por uma ditadura paternalista, o Instituto usa argumentos (e palavreado) que só se compreendem em ditaduras paternalistas.

.

Numa sociedade livre, cada um devia vender o que quisesse, com o nome que quisesse – e o mercado, depois, que separasse a qualidade da tara. O Instituto discorda e, em nome da ‘moral’ e da ‘ordem pública’, prefere pastorear as almas sensíveis para longe das tentações onomásticas deste tinto. O atestado de menoridade que o Instituto passa aos portugueses é bem pior do que um vinho com nome salazarista.

 


.

No âmbito do projeto “Juventude Ação na Solidariedade” promovido pela AJAF-Associação Juventude Ação no Futuro, com o apoio do programa FINSOCIAL 2012, e em parceria com a Junta de Freguesia de Fontes, realizou-se no passado dia 24 de Novembro de 2012, pelas 15h00 no antigo Jardim-de-Infância de Fontes, um ateliê criativo de elaboração de presépios em cortiça, na qual estiveram presentes 21 participantes.

 .

Esta iniciativa, mais uma vez juntou habitantes de várias zonas do concelho de Abrantes e não só, na qual se elaboraram trabalhos engraçados que, posteriormente serão colocados em exposição a definir. De salientar que este ateliê contou com o apoio da empresa SOFALCA – Sociedade Central de Produtos de Cortiça, Lda. que nos disponibilizou placas de cortiça para a elaboração do ateliê.

 .

Este foi o 10º e último ateliê criativo a desenvolver pelo projeto “Juventude Ação na Solidariedade”, porém, e como pretendemos dar continuidade ao mesmo, agradecemos desde já a todos/as os/as participantes, entidades e animadores/as que colaboraram connosco no desenvolvimento destas iniciativas, que decorreram durante o ano 2012, nas freguesias da zona norte do concelho de Abrantes.

Pág. 7/7