Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL



Segunda-feira, 18.08.14

Um massacre numa aldeia yazidi

Sofia Lorena - Público de 17-8-2014

Yazidis, cristãos, turcomanos, as minorias étnicas e religiosas iraquianas continuam a ser perseguidas, executadas, raptadas. Árabes xiitas, que os jihadistas do Estado Islâmico (EI) consideram infiéis, sunitas que se opõem à barbárie. Os massacres prosseguem no Iraque.

Depois de mais um – foram mortos pelo menos 80 homens e raptadas 300 mulheres na aldeia yazidi de Kocho, poucos quilómetros a sudoeste da cidade de Sinjar –, as forças curdas lançaram este sábado uma ofensiva para tentar recuperar aos radicais a barragem de Mossul (maior cidade do Norte do Iraque e segunda maior país). Os peshmergas (combatentes curdos) contam com apoio da aviação norte-americana (caças F-18 e drones). (...)

A última matança aconteceu, então, em Kocho. Segundo relatos de políticos curdos, ONG locais e combatentes curdos que lá chegaram – “demasiado tarde”, dizem, explicando só terem encontrado cadáveres –, o EI tinha a aldeia cercada há pelo menos uma semana e foi adiando o ultimato habitual “ou se convertem ou morrem”. (...)

O jornalista Peter Kenyon, da emissora pública norte-americana NPR, enviado a Dohuk, a província do Curdistão iraquiano onde se concentra a comunidade yazidi, estima que tenham sido mortos entre 80 e “muito mais pessoas”. Os homens foram executados na rua. As mulheres foram levadas para Tal Afar, cidade controlada pelos radicais que a têm usado como prisão. Donatella Rovera, conselheira da Amnistia Internacional que acabou de viajar pela zona, diz que pelo menos 3000 mulheres e meninas estão em Tal Afar. (...)

Mais de 200 mil iraquianos chegaram ao Curdistão em fuga dos jihadistas (todos os que puderam escapar e não ficaram perdidos nas montanhas). “Há aldeias que fogem todas juntas, 80 famílias, uma comunidade em fuga”, disse ao PÚBLICO Maria Lozano, jornalista da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre, horas depois de ter aterrado na Alemanha, vinda de Erbil, capital da região que os curdos do Iraque governam.

Lozano foi ver a desgraça dos cristãos, a viver em Erbil e nos seus arredores ou em Dohuk, depois de fugirem da zona de Mossul. Muitos estão em abrigos abertos pelas paróquias cristãs da região, outros vivem agora ao ar livre, em parques, em dias de 45 graus. Os yazidis, uma comunidade pré-islâmica e etnicamente curda, estão na mesma situação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 18.08.14

RIbanho - Luís Afonso (texto) e Carlos Rico (desenho)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 18.08.14

Onde fica a Embaixada da Letónia?

Alberto Gonçalves - DN de 17-8-2014

Enquanto no Iraque jihadistas (psicopatas em português) de um grupelho "dissidente" da Al-Qaeda decapitam centenas de civis curdos, meio Ocidente continua a manifestar-se contra Israel. Se parece idiota é porque é idiota. No entanto, qualquer um - até os idiotas - é livre de exibir as suas preferências, incluindo em matéria de conflitos e genocídios. Eu, por exemplo, decidi que daqui em diante só me indignarei com os crimes, as malfeitorias e os desaforos cometidos pelo Governo letão. Não tenho de argumentar nem de avançar com razões, sólidas ou gasosas: simplesmente ganhei cisma à Letónia e pronto.

A mutilação de meninas na Serra Leoa? Não quero saber: a minha preocupação vai para a discriminação da comunidade letã de língua russa. O esclavagismo de castas na Mauritânia? Não me interessa, já que na Letónia existem abusos verbais contra os homossexuais. O despotismo dos militares no poder na Birmânia? Deve ser chato, embora o meu coração esteja inteiramente reservado às vítimas de humilhação no sistema prisional da Letónia. A fome na Coreia do Norte? Desculpem lá, mas importa exclusivamente a larica dos letões, sobretudo os que ainda não almoçaram às duas da tarde. Os presos políticos em Cuba? Coitados, se bem que ando ocupado com a violência doméstica entre meia dúzia de casais letões.

Apenas o regime da Letónia me ofende, apenas os oprimidos na Letónia me fazem sair à rua, equipado com cartazes furiosos e vestuário regional. Por enquanto, é uma luta que travo sozinho. Amanhã, seremos inúmeros. Ou, com sorte, dois ou três.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 18.08.14

Madalena Silva Vice-Campeã Nacional

 Desporto em Abrantes - Edição nº23 de Agosto 2014 

Madalena Silva (à esquerda, na foto), foi Vice-Campeã Nacional, em natação, nos 50m Bruços (Absolutos). O resultado foi obtido no Jamor, no dia 25 de Julho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 18.08.14

Osama bin Laden (frase) e Odete Rodrigues (foto)

A frase é de Osama bin Laden (“Nós gostamos tanto de morrer por Alá como vocês gostam de viver.) e a foto de Porto Covo é da autoria de Odete Rodrigues.

As fotos da coluna lateral são de: Alfredo Pereira (Portinho da Arrábida), Daniel Schwabe (Porto) e IJPphoto (Coimbra).

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

SML 1b.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Agosto 2014

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D