Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

Porto - Sporting.jpg

Teoricamente este lance do Porto - Sporting é penalti mas, na prática, não é. 

E é muito fácil perceber a diferença entre a teoria e a prática.

Teoricamente é como os lances são analisados e interpretados pelos intelectuais da bola dos nossos programas desportivos; na prática, é como os lances são interpretados pelos árbitros da maior e melhor liga do mundo: a liga inglesa.

Resumindo: para os intelectuais da bola portugueses, este lance é penalti, mas, para um árbitro inglês, este lance é um lance normal de futebol e de disputa da bola.  

Santana-Maia Leonardo

Mirante.jfif

Na última reunião da Câmara Municipal de Abrantes em que participei, mais precisamente na reunião da câmara de 10 de Outubro de 2013, solicitei, mais uma vez, que a senhora presidente da câmara nos respondesse a esta questão que lhe colocámos sucessivamente em quase todas as reuniões da câmara durante o nosso mandato e a que se recusou sempre a responder:

"Uma vez que esta é a última reunião em que participamos, gostaríamos de saber se a senhora presidente já sabe quem foi o advogado, do lado da Câmara, que participou na redacção do protocolo com a RPP Solar, tanto mais que não foi certamente por falta de oportunidade que não obteve esta informação do seu antecessor, tendo em conta que durante quinze dias andou quase sempre na sua companhia."

Eu posso ter muitos defeitos mas não sou estúpido, nem gosto que façam de mim parvo.

Se eu insisti, durante todo o mandato, em que a senhora presidente nos desse esta resposta e se a senhora presidente se recusou sempre a responder, é obviamente porque está nesta resposta a chave para percebermos o que se passou com a RPP Solar e qual foi o papel e a responsabilidade do executivo municipal.

Se eu fosse vereador, continuava a fazer em todas as reuniões da câmara esta pergunta e a exigir a resposta, apesar de saber que a presidente da câmara e o seu antecessor nunca vão dar a resposta porque isso tornaria tudo claro como a água.

Mas, em Abrantes, também já percebi que o que interessa à esmagadora maioria é que tudo continue turvo como a água do Tejo.