Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

 

«Chegámos a um ponto em que, na verdade, já nada se devia estranhar de certos governantes. Em resposta às suspeitas de falta de transparência, de amiguismo ou de eventual conflito de interesses, fazem-se de vítimas - é "jogo político" - e acenam com os resultados dos seus nomeados como se este fosse o único factor a ter em conta na gestão da coisa pública. No fundo, desprezam as críticas, ou nem sequer as compreendem porque se consideram donos do Estado» (Fernando Madrinha, in Expresso de 13/11/10).

 

«Há uma forma de evitar estas confusões - e ela é muito simples: um governante não deve escolher antigos sócios para a administração de empresas públicas. Nem amigos. Nem primos, nem sobrinhos, nem enteados. Quem faz nomeações como estas está a olhar apenas para a casa onde reúne as visitas, ou tem uma sala muito grande ou critérios de escolhas muito pequenos.» (Editorial de 13/11/10 da revista Sábado)