Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

in Mirante - edição de 3/6/2011

 

O executivo da Câmara Municipal de Abrantes aprovou a atribuição de um subsídio no valor de 2500 euros à Rádio Antena Livre (RAL) para apoiar a realização da VI Gala Antena Livre que se realizou a 29 de Abril último. A decisão não foi unânime, já que os vereadores do PSD votaram contra por considerarem que a RAL, tal como o Jornal de Abrantes, “pertence a um dos maiores grupos empresariais portugueses”, o Grupo Lena, que “não se trata propriamente de um grupo sem fins lucrativos”.

 

Os social-democratas Santana-Maia Leonardo e António Belém Coelho recordaram na reunião do executivo de segunda-feira que, segundo consta do sítio da Internet “Despesa Pública”, a Câmara de Abrantes já contratou publicidade, por ajuste directo, aos orgãos de comunicação em causa no montante de 20.480 euros, a que se somou agora a isenção total do pagamento de taxas para cedência do Teatro São Pedro para a referida gala. “Consequentemente, parece que o contributo da câmara a estes dois orgãos de comunicação social já é mais do que suficiente”, alegam os vereadores do PSD.

 

Na sua declaração de voto, os autarcas da oposição consideram que na matéria em apreço devia haver “cautelas acrescidas” por parte da maioria socialista porque o director da RAL e do Jornal de Abrantes, Alves Jana, é um ex-vereador do PS e marido de uma ex-vereadora e presidente do PS local e “porque todos ainda estamos recordados da estranheza do inspector do Ambiente, em 2003, pelo facto de só as empresas do Grupo Lena ganharem concursos na Câmara de Abrantes”.

 

Ver DOSSIÊ: Direito da Oposição