Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

SERVIÇO DE PATOLOGIA CLÍNICA

Comunicado do executivo aprovado pelos vereadores eleitos pelo PSD

 

O vice-presidente da câmara apresentou o seguinte comunicado da presidente da câmara, relativamente ao serviço de Patologia Clínica da Unidade de Abrantes do Centro Hospitalar do Médio Tejo:

 

Na sequência das notícias publicadas durante o fim-de-semana que dão conta da possibilidade do serviço de Patologia Clínica (Laboratório de Análises Clínicas) da Unidade de Abrantes do Centro Hospitalar do Médio Tejo poder transferir-se para a Unidade de Torres Novas, a Câmara de Abrantes torna publica a seguinte declaração: A Câmara de Abrantes  põe-se a qualquer alteração que venha contrariar o acordo vigente de manutenção das valências em regime de complementaridade que foi estabelecido aquando da constituição do CHMT – Centro Hospitalar do Médio Tejo;Ao mesmo tempo, estranha esta possibilidade particularmente numa altura em que a legislatura foi interrompida e quando o conselho de administração do próprio CHMT se encontra em gestão; O laboratório de Abrantes não pode ser encerrado e muito menos transferido para Torres Novas; A centralização de alguns serviços específicos em Torres Novas a ser feita, não pode levar ao encerramento dos serviços essenciais necessários ao bom funcionamento dos serviços do Hospital de Abrantes. Nomeadamente, pela existência de especialidades como a Urgência Polivalente e unidade de cuidados intensivos, unidade de neonatologia e bloco operatório; Convém desde já questionar como será possível manter estes serviços de ponta a funcionar sem um adequado e diversificado laboratório de Patologia Clínica a funcionar. A centralizar o Serviço porque não em Abrantes?; Tendo em conta o exposto, pretende-se com esta decisão enfraquecer os únicos Serviços qualificados do Hospital em Abrantes, acima identificados?; A Câmara de Abrantes reitera que os Municípios são parte profundamente interessada neste Centro Hospitalar e, pela parte do Município de Abrantes continuamos a reivindicar o estatuto de parceiros de concertação exigindo ter um acompanhamento o mais próximo possível relativamente à definição do programa de complementaridades e especializações do CHMT. Pelo que, qualquer situação que venha contrariar o estabelecido deverá ser discutido com os órgãos do município e com a comunidade, no sentido de garantir as melhores condições de vida dos nossos cidadãos; Entende a CMA dar conhecimento desta posição à ARSLVT - Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo - e ao Governo através da Sra. Ministra da Saúde.”

 

O vereador Santana-Maia Leonardo ditou para a acta a seguinte declaração: Os vereadores eleitos pelo PSD subscrevem e aprovam o referido comunicado, e traziam sobre o mesmo assunto uma outra intervenção, em tudo idêntica.