Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

por Rui André

 

Durante os últimos 16 anos, a Câmara Municipal de Abrantes elaborou vários protocolos de delegação de competências também chamados protocolos ordinários com todas as Juntas de Freguesia do concelho. Os critérios de atribuição foram alterados em 2006 e têm como factores o número de habitantes e a área geográfica da freguesia.
 
No entanto, existem outros protocolos também chamados extraordinários que são directamente negociados sem que haja qualquer critério justo e transparente, ou seja, os chamados Protocolos de Compadrices.
 
Estes últimos, têm duas vertentes:
            a) A Junta de Freguesia recebe da Câmara Municipal o dinheiro e realiza as obras;
            b)  A Câmara Municipal faz directamente as obras ou lança concurso público.
 
Assim, durante os últimos os mandatos de Nélson de Carvalho (PS), as obras, nas freguesias, foram escolhidas a dedo e para alguns amiguinhos de luta. Depois de somar os valores retirados nas actas disponíveis no site da Câmara Municipal de Abrantes de 2001 a 2005 e verificar que a freguesia de Fontes passou para o PS em 2005, a conclusão não deixa margem para qualquer dúvida.
 
PROTOCOLOS EXTRAORDINÁRIOS
REALIZADOS ENTRE A CMA E AS FREGUESIAS - 2001 a 2005
Protocolos Freguesias
 
TOTAIS – em euros
 
 
Aldeia do Mato
34.577
15
Alferrarede
97.331
7
Alvega
162.029
4
Bemposta
271.219
3
Carvalhal
94.742
8
Concavada
69.917
9
Fontes
98.863
6
Martinchel
63.122
10
Mouriscas
50.258
12
Pego
19.519
16
Rio de Moinhos
13.814
18
Rossio Sul Tejo
529.973
1
São Facundo
137.882
5
São João
39.611
14
S. Miguel R Torto
0
19
São Vicente
450.552
2
Souto
18.869
17
Tramagal
56.388
11
Vale das Mós
42.592
13
Totais
2.251.258
 
 
 
 
 
  
 
 
Nota: A freguesia de Alvega foi em 2001 do PS e as freguesias de São Miguel do Rio Torto e Fontes foram PSD em 2001