Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

por Santana Maia

 
No passado sábado à noite, dia 4 de Abril, tive a oportunidade de assistir, mais uma vez, à actuação ao vivo do Grupo de Fados Abrantino, no auditório da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes, numa organização do Núcleo Sportinguista de Alferrarede. Para quem gosta de fado, o concelho de Abrantes consegue proporcionar boas noites fado e só com a prata da casa.
 
Foi «numa casa portuguesa com certeza» que, em 2003, o Grupo de Fados Abrantino se formou. A sua primeira actuação foi no Souto, mas logo começou a ser convidado para participar em noites de fados na região de Abrantes e não só…. É composto por quatro amigos: Alfredo Gomes (guitarra portuguesa), Mário Moura (viola), Dora Maria e Francisco Cordeiro (vozes).
 
Deste então e até hoje, muitos têm sido os lugares onde já actuou, correndo o país de lés a lés e actuando, muitas vezes, em conjunto com outros fadistas e músicos, alguns bem conhecidos de todos, tais como António Pinto Basto, Margarida Bessa, José Gonçalez, Mestre António Parreira, Joana Amendoeira, Pedro Amendoeira, Pedro Mourato, Francisco Gonçalves, Argentina Santos … O Grupo teve a sua primeira internacionalização, no ano de 2006, em Londres e Leicester, onde actuou em restaurantes portugueses para emigrantes e ingleses. Também no ano de 2008, actuou num hotel em Ourense, na Galiza. 
 
O principal objectivo do Grupo de Fados Abrantino é divulgar o fado e, simultaneamente, o nome da cidade de Abrantes. São um grupo amador, no verdadeiro sentido da palavra. Ou seja, são fadistas por amor ao fado. Para quem gosta de fado, vale a pena ouvi-los cantar. Até porque, quer o Francisco, quer a Dora, têm vozes muito especiais.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.