Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

CENTRO ESCOLAR SUBSTITUI HOTEL DE ABRANTES

Informação da presidente da câmara

.

A senhora presidente da câmara explicou, como já era sabido – no âmbito da planificação para a substituição das atuais escolas nºs 1 (Quinchosos) e 2 (Alto de Santo António) do 1º ciclo do ensino básico, que não oferecem as melhores condições de funcionamento, por questões infraestruturais e pela falta de espaço para serem aumentadas – era intenção do executivo proceder à adaptação da Escola do Ensino Básico Raúl Figueiredo a Centro Escolar (Encosta Sul).

. 

Chegada à fase de estudo prévio verificou-se, nomeadamente pelos estudos geológicos e geotécnicos, que o terreno não oferece as melhores condições para o projeto. Assim, colocaram-se diversas hipóteses de alteração do local do futuro Centro Escolar, procurando, numa primeira opção a instalação no centro histórico, o que não se mostrou viável. Está agora a ser ponderada, em substituição, a construção de um Centro Escolar no centro da Cidade, mais concretamente no Barro Vermelho e no local para o qual estava prevista a construção de uma unidade hoteleira, cujo terreno a autarquia pretende reverter.

.

Disse também que esta possibilidade foi colocada em sede do Conselho Municipal de Educação alargado e que foi vista com agrado por parte dos presentes. (...)

.

O vereador Carlos Arês disse sentir-se, ao longo deste mandato, corresponsável, por via de ter votado favoravelmente várias decisões acerca da localização de equipamentos estruturantes (Mercado Municipal, Centro Escolar de Alferrarede, Centro Saúde). Essas decisões foram votadas cada uma de per si. Disse sentir-se confortável com as decisões que tomou, mas que é tempo de analisar estas decisões parcelares e isoladas numa perspetiva mais global do funcionamento da cidade. (...)

.

Os vereadores eleitos pelo PSD, Santana Maia-Leonardo e António Belém Coelho, apresentaram a seguinte declaração de voto, sobre a construção de um centro escolar no Barro Vermelho:

.

“Os vereadores eleitos pelo PSD sempre viram com muita desconfiança, quer quanto à sua sustentabilidade, quer quanto à sua viabilidade, a construção do Hotel no Barro Vermelho pelo que sempre defenderam que a cláusula de reversão já devia ter sido accionada há muito tempo. Por outro lado, sempre consideraram o Barro Vermelho como a localização privilegiada para a construção de uma escola ou centro escolar, quer pelo facto de estar perto da zona desportiva, da PSP e do terminal da Rodoviária, quer porque entendem que a dispersão deste tipo de equipamentos pela cidade é vantajosa. Além disso, permite ainda que o acesso se possa fazer não só pela rotunda do Hotel Turismo como também pela rotunda do Olival, Pingo Doce e rotunda do Quartel.”

. 

O vereador Belém Coelho disse ser de registar as palavras do Vereador Carlos Arês sobre a sua reflexão ao votar favoravelmente localizações ou medidas de per si, quando os vereadores Santana-maia e Belém Coelho já o tinham referido, nomeadamente em termos de orçamento, referindo-se ao facto de a autarquia andar a correr atrás dos financiamentos.

.

No seguimento do referido antes pelo vereador Santana Maia, que obviamente subscreve, acrescentou apenas que aquele terreno tem dignidade mais que suficiente para um equipamento deste tipo e sobre isso não veem qualquer problema, antes pelo contrário vêem vantagens pelo facto de se reconhecer que o projecto não vai prosseguir. Numa análise SWOT simples e rápida, concluiu-se vários pontos fortes: revitalização do centro histórico, proximidade com a PSP, com a Rodoviária e com o Complexo desportivo. Como pontos fracos, destacou a questão do trânsito.