Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.." (Aristóteles)

COLUNA VERTICAL

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.." (Aristóteles)

Editorial do Público de 7-3-2013

.

(...) Neste momento de emoção, quando as massas choram e rezam nas ruas de Caracas, é útil olhar para os relatórios das mais respeitadas organizações internacionais de direitos humanos, que são de uma frieza que espanta. Relembram o caso recente da juíza María Lourdes Afiuni que, após dar liberdade condicional a um opositor do regime que estava há três anos preso sem julgamento, viu Chávez chamar-lhe "bandida" e pedir que fosse condenada a 30 anos de prisão; ela foi de facto imediatamente presa, esteve detida mais de um ano e continua hoje em prisão domiciliária. E relembram a história da telenovelaChepe Fortuna, que em 2011 foi suspensa depois de ter passado um episódio no qual uma personagem chamada Venezuela tinha perdido o seu cão Huguito e pergunta ao namorado: "O que vai ser da Venezuela sem o Huguito?" e ele responde: "Vais ficar livre, Venezuela".
.
Durante 14 anos, Chávez concentrou o poder de uma forma despudorada, violou os mais básicos direitos humanos, manipulou a justiça e efectivamente neutralizou - quase anulou - todo o sistema judiciário. Começou pelo Supremo Tribunal, que sempre lhe deu razão. Fechou televisões, jornais e prendeu jornalistas que publicaram notícias causadoras de "infundados medos" e "ansiedade" na população. De uma penada e ao fim de pouco tempo no poder, já intimidava e censurava abertamente todos os que se lhe opunham, usando e abusando do Estado de forma arbitrária. Tornou a Venezuela num país de imaginários "traidores", "desestabilizadores", "conspiradores", "vampiros" e "agentes da CIA" que descobria em todos e cada um dos que o criticavam. Numa retórica paranóica e louca que não deixou nunca de espantar, até o cancro do presidente foi obra dos "diabólicos" inimigos americanos. (...)