Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

1.jpg

A contratação de Jorge Jesus pelo mesmo presidente e pela mesma direcção que o acusou publicamente de ter traído e roubado software do Benfica para o entregar ao Sporting, dando, inclusive, entrada a uma acção judicial em que lhe exigia 14 milhões de euros de indemnização por esse motivo (clicar sobre a foto para ler a notícia), é a melhor demonstração de que o Benfica, com os seus seis milhões de adeptos, é o clube que melhor representa o povo português até nos seus dois principais defeitos: a falta de memória e a falta de vergonha.

Na verdade (verdade é um verbo difícil de conjugar com Filipe Vieira, mas adiante...), das duas uma: ou Jesus não tinha roubado o referido software e a acusação pública que lhe foi feita retrata um presidente e uma direcção mentirosa, sem vergonha e sem escrúpulos ou tinha efectivamente roubado o software para o entregar ao Sporting, o que impedia que voltasse a ser contratado pelo Benfica, sob pena de este presidente e esta direcção revelarem publicamente o seu carácter de gente sem memória, sem vergonha e sem escrúpulos.

Quanto a Jorge Jesus, compreendo perfeitamente que tenha aceitado regressar ao Benfica, com este presidente e esta direcção, ao impor esta condição aceite por todos: só aceito regressar se baixarem as calças e se puserem de cócoras com o rabinho bem lavadinho virado para mim, tipo António Costa com o primeiro-ministro holandês.

Eu francamente não era capaz, mas imagino o prazer que terá sentido um indivíduo que nasceu na Reboleira ao ver um presidente e uma direcção que o enxovalharam e humilharam publicamente colocarem-se de cócoras e com o rabinho lavado para ele satisfazer os seus maus instintos.

Ai, Jesus, que mau que tu és que nem usaste um bocadinho de gel lubrificante! Isso não se faz ao presidente do Glorioso!...

Santana-Maia Leonardo