Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

1.jpeg

O caso Maddie devia, pelo menos, fazer reflectir os idiotas que clamam por justiça popular e promovem autênticos linchamentos nas redes sociais, ao sabor das notícias sensacionalistas que vão sendo publicadas nos jornais, com o único objectivo de despertar a besta que existe dentro de cada um de nós.

Os pais de Maddie foram linchados na praça pública pela nossa comunicação social e nas redes sociais, sem a mínima consideração pela sua dor, para agora, 13 anos depois, chegarem à conclusão de que afinal podem estar inocentes e que o homicida afinal pode ser outra pessoa (clicar sobre a foto para ler a notícia).

Já vai sendo tempo de os portugueses demonstrarem um minimo de inteligência para não confiarem cegamente nem na nossa justiça, nem no que se diz na comunicação social, nem na própria ciência, porque mesmo aquilo que parece mais evidente nem sempre é verdadeiro.

Quanto aos casos judiciais, pode haver histórias bem e mal contadas, mas, não nos iludamos, são sempre histórias, com muita coisa de ficcional, incluindo as sentenças, que nunca reproduzem com fidelidade aquilo que se passou. E a maior parte das vezes, as histórias mais verosímeis são precisamente aquelas que mais se afastam daquilo que efectivamente se passou. 

Daí o conselho de Karl Popper, "é sempre preferível errar do lado da indulgência do que do lado da crueldade."

Uma nota final para todos aqueles que são sempre rápidos a agarrar na primeira pedra para apedrejar os outros:

Não há pais perfeitos e todos nós, eu inclusive, se fizermos a retrospectiva à nossa vida, encontramos momentos em que colocámos em risco a vida dos nossos filhos e podíamos ter sido responsabilizados pela sua morte, designadamente quando conduzimos em excesso de velocidade ou sem colocar a criança na cadeira com o cinto de segurança, quando fizemos um ultrapassagem arriscada ou quando nos distraímos a falar com uma pessoa amiga e mal nos descuidamos o nosso filho está onde não devia estar.

E nem sempre a pessoa mais cuidadosa é a que tem mais sorte na vida. A uns basta cometer um pequeno erro para lhes acontecer uma desgraça, enquanto outros cometem erros em série e não lhes acontece nada.