Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.." (Aristóteles)

COLUNA VERTICAL

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.." (Aristóteles)

Paulo Trigo - Público de 27-4-2014

O fim do programa de ajustamento aproxima-se, a troika em breve deixará as visitas regulares de avaliação do país, sem as quais não libertava os empréstimos. As taxas de juro das obrigações a dez anos caíram, nesta semana, a níveis impensáveis há um ano atrás, e a economia crescerá, ainda que timidamente. É razão para alguma satisfação, mas será para celebrar?

Celebrar o 25 de Abril, sem dúvida nenhuma, mas a situação actual, essa não. A dívida excessiva, o défice ainda elevado, o desemprego, a pobreza e a emigração, dos que não encontram solução no país, são motivos para apreensão e preocupação.

Estas crónicas de avaliação dos dados da execução orçamental do Governo têm um duplo propósito. Por um lado, monitorizar a execução do Orçamento de Estado. Por outro, mostrar que existem e existirão sempre opções do ponto de vista orçamental. A primeira opção é se devemos ou não caminhar para o equilíbrio estrutural das contas públicas. Está implícito que consideramos que sim.

Como bem lembrava Miguel Sousa Tavares, após a recente entrevista ao primeiro-ministro, talvez não fosse má ideia que todos os partidos políticos se pronunciassem sobre a simples questão: concorda que devemos caminhar para o equilíbrio orçamental?

A questão seguinte, assumindo que a primeira colhe uma resposta afirmativa, é apenas: como fazer a redução do défice, na receita e na despesa, e quais as rubricas que deverão ser consideradas, tendo em conta que diferentes medidas têm diferentes impactos na economia e nas pessoas. (...)