Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

Lurdes Castanheiro - Facebook da Biblioteca da Escola João Pedro de Andrade

Escola JPA.jpg

Ontem, dia 14 de maio, tivemos connosco o Dr. Santana-Maia Leonardo a falar sobre Liberdade de Imprensa, assunto que está na ordem do dia e que foi assinalado mundialmente no dia 3 de maio.

O nosso orador começou por fazer a distinção entre sociedades abertas e sociedades fechadas, passando pelo conceito de democracia, liberdade de expressão e de informação.
Vincou bem a ideia que a liberdade de expressão é precisamente o direito que cada pessoa tem de divulgar a sua opinião e de exercer o direito à crítica, principalmente a nível político. Todavia, frisou que essa liberdade de expressão, reconhecida a qualquer pessoa, implica direitos e responsabilidades. Todos temos direito ao nosso bom nome e ao vivermos numa sociedade aberta devemos respeitar os direitos de todos, mas principalmente dos mais fracos.
Citou Voltaire “Não estou de acordo com aquilo que dizeis, mas lutarei até ao fim para que vos seja possível dizê-lo”.
André Gide foi outro dos escritores mencionados para referir que a verdade é uma constante procura: “Crê nos que buscam a verdade. Duvida dos que a encontraram”.
Foram muitos os ensinamentos que o Dr. Santana Maia Leonardo quis deixar aos nossos alunos, não é nossa intenção referi-los todos. Todavia não resistimos a transcrever mais uma citação do filósofo alemão, Karl Popper, a quem algumas vezes, o Dr. Santana Maia aludiu: ”A liberdade de expressão do pensamento, numa sociedade aberta, deve ser um instrumento para descobrir os erros e não um escudo para os encobrir.
Agradecemos ao Dr. Santana Maia o facto de ter acedido ao nosso convite para falar sobre este tema tão actual, numa altura em que procede à apresentação do seu novo livro: A Terra de Ninguém.