Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

Nuno Albuquerque de Matos - Observador de 11-2-2015

(...) O valor da liberdade coloca o enfoque no indivíduo e no respeito pelos seus direitos fundamentais. Tipicamente, os liberais desconfiam do papel do Estado na sociedade porque o mesmo não garante, com regularidade, níveis de eficiência e eficácia desejáveis na provisão de bens e serviços. Muitas vezes, produz efeitos indesejáveis com a sua intervenção na sociedade, causando distorções nos mercados ou violações nos direitos mais básicos da população, como o direito à reserva da vida privada. É precisamente com este enquadramento que as restrições à liberdade individual, em prol do reforço da sensação de segurança, devem ser analisadas.

Efectivamente, em Portugal está enraizada a mentalidade de que, quando algo de negativo ocorre no quotidiano da sociedade, a razão subjacente para tal infortúnio encontrar-se-á, invariavelmente, num défice de intervenção pública. Sucede assim com as recentes dificuldades no acesso aos serviços de urgências hospitalares; com o colapso do Banco Espírito Santo; na proclamada degradação do ensino básico e secundário públicos ou com os problemas operacionais que ocorrem actualmente na TAP. Em todos estes casos existem corporações que, arrogando-se da defesa do interesse nacional enquanto valor uno e indivisível, clamam por maior intervenção estatal. O mesmo sucede com a questão do terrorismo e segurança. (...)