Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

04 Mar, 2015

Mar Vermelho

Gonçalo Portocarrera  - Observador de 21-2-2015

Sim, há um mar vermelho, mas este não é o que, com este nome, separa o Egipto da Arábia e que, segundo a Bíblia, o povo judeu atravessou a pé enxuto, fugindo do faraó e do seu exército, a caminho da terra prometida. Este ‘mar vermelho’ não o é em sentido figurado, como aquele, mas real, porque foi tingido pelo sangue dos 21 mártires coptas que os jihadistas, ou guerrilheiros do auto-proclamado Estado islâmico, que os árabes preferem designar por Daash, assassinaram numa praia da Líbia. O Mediterrâneo é agora vermelho, à conta do sangue inocente que nele foi derramado. É também, como diziam os romanos, o ‘mare nostrum’. É hora de que a Europa e o mundo acordem para esta dramática realidade: é o nosso mar que é vermelho e é o sangue dos nossos irmãos que o mancha. (...)

Portugal e a comunidade europeia, que felizmente reagiu com tanta determinação frente aos ataques em Paris, não podem cruzar os braços ante esta tragédia humanitária, que está a ocorrer às suas portas, no seu próprio mar. São as costas espanholas, francesas, italianas e gregas que as águas do Mediterrâneo banham, agora tingidas pelo sangue destes 21 mártires. É o nosso sangue que está a ser derramado e, por isso, é também nossa a dor deste terrível luto. Por desgraça, volta a ser verdade o triste vaticínio do poeta: “Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal!