Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

TERRA-DE-NINGUEM_-_Capa_large.jpg

Antes do 25 de Abril, bastava alguém manifestar uma ligeira opinião discordante, para logo se silenciar com o rótulo implacável de «comunista». Veio o 25 de Abril e passou a ser o rótulo de «conservador» a colar-se em todos aqueles que se recusassem a embarcar em aventureirismos e experimentalismos, por mais absurdos que fossem.

Os bons eram os progressistas. E foram precisamente estes que, durante quarenta anos, com as suas reformas progressistas e os seus experimentalismos arruinaram e destruíram a nossa Economia, Sistema Educativo, Justiça, Família, Autoridade, Soberania, etc. etc. etc., não deixando pedra sobre pedra.

Tivessem sido os nossos políticos mais prudentes e mais sensatos, ou seja, mais conservadores, e hoje o país não estaria tão pobre e com todas as suas instituições arruinadas, física e moralmente.

Não receie, pois, o leitor que lhe chamem conservador. Ser conservador não é ser contra a mudança do que está mal, mas olhar com desconfiança e reserva para todos os experimentalismos, única forma de preservar o que há de melhor na herança comum. Como ensinava Edmund Burke, o conservador é «uma voz permanente, serena mas firme, num oceano de mudança, que simplesmente aguarda o regresso do bom senso e do bom gosto.»

Dezembro de 2011