Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

09 Mar, 2015

O que tem de ser…

Vasco Pulido Valente - Público de 28-2-2015

Quem ler, ou reler, hoje As Farpas de Eça de Queiroz, publicadas depois com o título de Uma Campanha Alegre, nota imediatamente que ele quase só trata dos grandes problemas da política portuguesa: a questão da Fazenda (das Finanças, como se diria agora), ou seja, da dívida e do défice, e a questão dos partidos, da sua legitimidade, vacuidade e semelhança.

A “questão da Fazenda” passa de Governo para Governo e de legislatura para legislatura, sem nunca se resolver e piorando sempre. Os partidos têm ostensivamente os mesmos princípios, mas dizem e fazem uma coisa na oposição e outra no poder. Nós rimos, mas vamos percebendo que a “questão da Fazenda” está para ficar e determina tudo; e que os partidos se confundem e repetem exactamente por causa da sua irremediável impotência.

Isto em 1871-2. Em 2015, entrámos no mesmo caminho, que de certeza irá durar umas dezenas de anos. Basta olhar para o caso exemplar do supostamente brilhante António Costa. (...)