Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL


Segunda-feira, 21.03.11

Reunião da câmara de 21/3/11 (extracto II)

POSTO DE BOMBEIROS NA ZONA NORTE

Proposta dos vereadores do PSD

Recebemos, recentemente, uma proposta de deliberação de João Batista Pico, com a qual concordamos e subscrevemos.

Com efeito, situa-se no Norte do concelho a maior mancha florestal e a que mais têm sido castigada pelos incêndios de verão.

Acresce que o risco de incêndio e da sua rápida propagação têm aumentado proporcionalmente ao esquecimento a que esta zona tem sido votada pelo Município.

Na verdade, o despovoamento do território e as más ligações com a sede do município criam as condições para, por um lado, as matas se transformaram em autênticos barris de pólvora, e, por outro, a resposta chegar sempre demasiado tarde.

Sendo certo, como João Batista Pico sempre tem sustentado e com inteira razão, «a albufeira do Castelo de Bode condicionou a vida das populações envolventes com limitações ao uso das suas terras, a bem do "bom ambiente" da pureza da água.

Ora, tudo isso é: UM CUSTO SOCIAL!

Acresce que a referida albufeira é um autêntico "poço de petróleo" da EPAL, filial da poderosa Águas de Portugal.

Com o dinheiro dessa água, a EPAL fala em 200 milhões de euros em investimentos.

Ora, um posto dos bombeiros na zona norte não custaria mais do que cinquenta mil euros em instalações melhoradas e adaptadas, caso se optasse pela escola do Souto ou do Carvalhal, mais 36 salários (6 homens e 2 viaturas em 6 meses de verão), o que representaria 36 mil euros em média de custos de salários e encargos sociais desses 6 bombeiros durante seis meses».

Na verdade, é imoral e injusto que aos proprietários da zona norte sejam impostas limitações ao uso da sua propriedade, em benefício de terceiros e de uma grande empresa, sem que sejam compensados pelas limitações que lhe são impostas.

Pelo exposto e com vista a minimizarem esta situação, os vereadores do PSD vêm apresentar a seguinte proposta, requerendo, desde já, o seu agendamento:

     Criação de um POSTO de BOMBEIROS numa das cinco freguesias do Norte do Concelho, de preferência naquela que for mais central (sugerindo-se, desde já, como localização preferencial o edifício da antiga escola do Souto ou do Carvalhal) e com especial incidência nos meses de Verão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 17.11.10

ACABAM AS SUSPEITAS FICAM AS DÚVIDAS (III)

Artur Lalanda

 

Já vieram a público comentários, francamente negativos, relativamente à percentagem de população do concelho servida com rede de drenagem e tratamento de águas residuais.

 

Creio que os SMA, a quem está atribuída a responsabilidade pela fiscalização do contrato de concessão, ainda não admitiram o previsto engenheiro que terá essas funções. Sendo assim, cada Presidente da respectiva Junta de Freguesia (ou qualquer munícipe apartidário) poderá avaliar, na sua zona, o grau de cumprimento do contrato e a percentagem de população efectivamente servida, atendendo aos elementos que a seguir são transcritos.

 

O objectivo do contrato aponta para 92,20%, em 31 de Dezembro de 2009, que, sabemos, não foi atingido nessa data.

 

                                       População estimada    Percentagem a     Nº. de ramais

                                             para 2010                    servir

 

Alvega                                      316                      98% (310)                  103

 

Mouriscas (Casal da Igreja,

Camarrão e Engarnais)               1648                        98% (1615)              538

 

Aldeia do Mato                            62                        98% (61)                    20

 

São Facundo                              479                     96% (460)                   153

 

Fontes                                       226                     96% (217)                     72

 

Vale das Mós                              659                      98% (645)                   215

 

Pessegueiro                                  61                     96% (58)                       19

 

Areias                                         257                     90% (231)                     77

 

Monte Galego                               245                     98% (240)                     80

 

Ventoso                                         76                     96% (73)                      24

 

Ribeira do Fernando                        147                     95% (140)                     47

 

Carreira do Mato                            164                     96% (157)                     52

 

Portelas                                         74                      97% (72)                       24

 

Carril                                           110                      96% (105)                     35

 

Barrada                                        294                      96% (282)                     94

  

Não conheço a percentagem da população servida no resto do concelho, mas a avaliar pelos valores admitidos para as redes aqui referidas, Abrantes ocupa lugar cimeiro no panorama ambiental europeu. Espero bem que seja verdade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 30.09.10

Assembleia Municipal de 27/9/10 (extracto V)

SAPADORES NORTE

Intervenção do deputado municipal do PSD João Paulo Rosado

Gostaríamos de ser informados pelo executivo da Câmara Municipal de Abrantes em que fase se encontra a vossa iniciativa/proposta de criar uma equipa de Sapadores para o Concelho Norte (Aldeia do Mato, Carvalhal, Martinchel, Rio de Moinhos e Souto) com o intuito de limpar as matas e as linhas de água.

Em reuniões tidas para o efeito, todas as freguesias envolvidas reconheceram a importância e urgência deste projecto e demonstraram disponíveis para participar.

Com o Inverno a chegar, uma equipa deste cariz poderia evitar muitos problemas com as linhas de águas, sobretudo nas freguesias de Aldeia do Mato e Rio de Moinhos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 05.01.10

REUNIÃO DA CÂMARA DE 28/12/09 (extracto II)

INTERVENÇÃO DO VEREADOR RUI ANDRÉ

 
1.      Visto que este executivo pretende apostar na Praia Fluvial de Aldeia do Mato e que uma das estradas de ligação passa pela Freguesia de Rio de Moinhos, informo o executivo que deverá proceder a uma solução alternativa e de carácter urgente na passagem pelo centro urbano de Rio de Moinhos.
Uma estrada por fora do centro de Rio de Moinhos poderia ser uma alternativa adequada mas tem de ser equacionada uma solução rápida para que não tenhamos um problema de fluidez de trânsito na aldeia.
O trânsito na aldeia de Rio de Moinhos mudou há mais de um ano e achamos e merece que seja feita uma melhoria no actual tráfego rodoviário.
A rua dr. João de Deus assim como a Rua do Canto deveria ter um só sentido. Foi dito, pelo dr. Pina da Costa, vereador na altura, que esta decisão seria provisória até encontrar uma solução.
A solução é simples e vem colmatar a única excepção de sentido único existente em Rio de Moinhos: a abertura da Rua do Canto, passando pelo campo de futebol até ao cruzamento do restaurante da Cristina Mota é inevitável. Outro factor é a construção do novo Centro Escolar de Rio de Moinhos que ficará situada na Rua do Canto. 
Fica o alerta do PSD a estes dois problemas da freguesia de Rio de Moinhos.
 
2.      Outra preocupação do PSD visa a melhoria da iluminação pública nas estradas em terra batida ou por asfaltar.
Muitos condutores se queixam das estradas em mau estado de conservação e ainda por cima com falta de iluminação ou com iluminação insuficiente, o que prejudica em demasia os condutores que por ali passam.
 
3.      O executivo da Câmara Municipal de Abrantes deveria rever/melhorar o regulamento dos empréstimos dos autocarros da Câmara Municipal com isenção de pagamentos de taxas às Juntas de Freguesia do concelho no sentido de dar oportunidades a todas as Juntas de Freguesia o empréstimo de uma forma equitativa e de acordo com as áreas geográficas, número de população e número de associações de cada freguesia.
O PSD defende que deveria existir um crédito de quilómetros por freguesia de acordo com os critérios atrás mencionados.
 
4.      Por fim, o PSD sugere que as reuniões públicas deveriam ser acompanhadas online por qualquer cibernauta interessado no desenvolvimento do concelho e respectivas freguesias que, por derivadas situações, não pode deslocar-se naquele dia e aquela hora.
Nesta Democracia, é fundamental a participação activa dos cidadãos e que se possa proporcionar uma alternativa tecnológica simples e com poucos custos para a Câmara Municipal de Abrantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo, 06.09.09

VISITA A ALDEIA DO MATO

  

 
No passado dia 29 de Agosto, Santana Maia, acompanhado por Belém Coelho (candidatos do PSD à Câmara Municipal), Manuela Ruivo (candidata a Presidente da Assembleia Municipal), deslocaram-se à Freguesia de Aldeia do Mato onde em companhia de José Moreno, candidato a Presidente da Junta de Freguesia de Aldeia do Mato, e ainda de vários elementos da sua lista, tiveram oportunidade de visitar aquela localidade e outras da Freguesia, tais como Bairros, Carreira do Mato e Cabeça Gorda.
 
Durante a visita foram efectuados contactos com a população daquelas localidades, tomando-se conhecimento das suas necessidades mais prementes; a visita terminou com participação nas festas de Cabeça Gorda, um arraial popular já tradicional da zona.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 25.08.09

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ALDEIA DO MATO

 

José Moreno Vaz tem 51 anos, reside em Aldeia do Mato e é actualmente vereador do PSD na Câmara Municipal de Abrantes. Tem o curso de Formação para Gerências do Instituto Formação Bancária e é empregado bancário.
 
Foi presidente da Assembleia de Freguesia de Aldeia do Mato (2001-05), deputado municipal (1993-97), secretário da Junta de Freguesia de S. Vicente (1989-93) e membro da Junta de Freguesia de S. Vicente (1989-2001).
 
EFECTIVOS:
José Antunes Moreno Vaz, Gerente Bancário, 52 anos
Manuel José Tanqueiro Esteves, Empresário, 46 anos
João Maria Lopes, Empresário, 59 anos
António Miguel Custódio Pires, Arquitecto, 37 anos
Álvaro Manuel Paulino, Empresário, 44 anos
Marta Sofia Gomes Pires, Empregada de balcão, 28 anos
António Conceição Florindo, Carpinteiro, 72 anos
Joaquim dos Santos Vicente, Aposentado, 62
 
SUPLENTES:
Jorge Miguel Gama Perdigão, Empresário, 29 anos
Maria Lúcia Antunes Silva, Professora, 45 anos
Bruno Gonçalo Pedro Custódio, Empregado de Balcão, 23 anos
Paulo António Serras Sigalho, Operador de Máquinas Florestais, 34 anos
Álvaro José Rosa da Silva, Motorista, 57 anos
Luís Miguel Brunheta da Silva, electricista, 33 anos
João Maria Perdigão, Empresário de Construção Civil, 57 anos
António do Carmo Nunes, Aposentado, 66 anos

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 07.08.09

MORENO VAZ É O CANDIDATO EM ALDEIA DO MATO

 

José Antunes Moreno Vaz foi escolhido, por unanimidade, como candidato social-democrata à Junta de Freguesia de Aldeia do Mato.
 
José Moreno Vaz tem 51 anos, reside em Aldeia do Mato e é actualmente vereador do PSD na Câmara Municipal de Abrantes. Tem o curso de Formação para Gerências do Instituto Formação Bancária e é empregado bancário.
 
Humanista e social democrata de longa data, tem um vasto e rico currículo na área da intervenção política no concelho de Abrantes. Com efeito, para além de ser actualmente vereador (2005-09), foi presidente da Assembleia de Freguesia de Aldeia do Mato (2001-05), deputado municipal (1993-97), secretário da Junta de Freguesia de S. Vicente (1989-93) e membro da Junta de Freguesia de S. Vicente (1989-2001).
 
Inconformado com o esquecimento a que tem sido votado a sua freguesia e o norte do concelho, José Moreno Vaz está firmemente empenhado em contribuir, com a sua experiência, força e dedicação, para inverter esta situação e criar as condições indispensáveis para que a sua freguesia tenha futuro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 19.03.09

TURISMO - ZONA NORTE

 

Tendo como pano de fundo a água e a floresta, envoltos numa morfologia equilibrada, em perfeita harmonia com os monumentos históricos, de interesse nacional, municipal e religioso, tudo conjugado com a gastronomia local e com novos locais de lazer, cremos ser possível criar uma plataforma que vai permitir desenvolver o turismo no concelho de Abrantes.
 
Na Albufeira de Castelo de Bode melhorar-se-á o acesso automóvel ao parque Náutico de Aldeia do Mato, reformular-se-á a envolvente do mesmo e será criado um cais de embarque com acesso fácil a veículos com reboque. Noutro plano pretendemos aumentar a oferta do alojamento municipal, e procurar-se-á parcerias com habitantes locais de forma a evitar ao mínimo os efeitos da sazonalidade do local.
 
No Souto, urge criar um roteiro turístico, que tenha como base o património religioso desta freguesia e das limítrofes. É intenção promover parcerias com as associações locais para criar um local onde os turistas possam conhecer a história da freguesia e desfrutar de um momento lúdico em perfeita harmonia. A dinamização de um espaço existente, num local onde se encontrasse uma secção museológica e uma outra lúdica, permitiria oferecer um espaço diferente ao público, e ao mesmo tempo envolver os locais na dinamização deste espaço. Também aqui criar-se ia um acesso automóvel à Albufeira do Castelo de Bode.
 
Em Fontes potenciar-se-á, em parceria público-privada a criação de acesso automóvel à Albufeira, onde será instalado um cais, onde funcionará um serviço de barco turístico, com ligações a Aldeia do Mato e ao Souto.
 
Ainda no que diz respeito à zona da Albufeira, será criado um novo pólo turístico, com um estabelecimento de restauração, aliado a uma loja de produtos típicos e artesanato local, a instalar num local com possua uma vista e uma localização privilegiada.
 
Para promover todos estes locais será desenvolvido um website, um panfleto, um slogan e uma campanha agressiva e constante em locais especificamente vocacionados para o efeito. Também será instalado um posto de informação turística descentralizado.
 
A floresta também será alvo de atenção, com a criação de percursos pedonais, para bicicletas, e outros para motos.
 
Neste campo, será criado um gabinete que, entre outras funções, dará apoio especializado aos privados, para que estes mais facilmente possam investir, criando estabelecimentos de turismo rural ou ecológico.
 
Será feita uma aposta séria na exploração das potencialidades inerentes às características rurais desta zona, como grande atractivo ao lazer e ao descanso no seio da natureza.
 
Em simultâneo, e tendo em conta a reduzidíssima oferta hoteleira do concelho, iremos protocolar ligações regulares entre a cidade e todas as freguesias do norte do concelho, fins-de-semana inclusive. Também será criada uma plataforma com os agrupamentos escolares para divulgar esta zona do concelho e todas a suas potencialidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 04.03.09

PROGRAMA DO TURISMO - ZONA NORTE

 

No passado dia 28 de Fevereiro, a candidatura do PSD à Câmara de Abrantes promoveu uma visita de trabalho às freguesias de Fontes, Souto e Aldeia do Mato, para poder constatar no terreno a realidade vivida nestas freguesias. A acompanhar o candidato do PSD à Câmara Municipal, Santana-Maia, esteve Pedro Passos Coelho, os deputados Miguel Relvas e Vasco Cunha, e os presidentes das Juntas de Freguesia de Aldeia do Mato, António Cruz, e do Souto, Diogo Valentim.
 
Esta jornada de trabalho culminou com a apresentação das linhas programáticas que a candidatura propõe para o sector do Turismo, no que respeita à zona norte do concelho. Abrantes e, em especial, toda a zona abrangida pela albufeira do Castelo e Bode são dotadas de um potencial turístico único. O PSD defende uma política sustentada nos elevados recursos naturais que esta zona detém.
 
Apesar disso, os sucessivos executivos camarários socialistas têm votado estas freguesias ao mais triste e absoluto desprezo e esquecimento. E para constatar isto mesmo, basta olhar para a outra margem da albufeira.
 
O PSD não se conforma com esta situação. Por um lado, as pessoas destas freguesias merecem melhor sorte, merecem uma estratégia turística que as envolva e que lhes permita atingir um nível de vida adequado às suas legítimas expectativas. E, por outro, o concelho de Abrantes precisa urgentemente de rentabilizar e potenciar a sua margem da albufeira do Castelo do Bode, que é, sem qualquer sombra de dúvida, um dos seus principais recursos turísticos.
 
O PSD de Abrantes não só acredita que a actual e triste realidade pode ser alterada como irá contribuir decisivamente para a sua alteração, mal assuma os destinos da autarquia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sábado, 28.02.09

PROGRAMA DA VISITA DE PASSOS COELHO

 

ASSUNTO:
Visita às Freguesias de Fontes, Aldeia do Mato, e Souto
Palestra sobre o Turismo e as Ruralidades
 
PRESENÇAS:
Dr. Pedro Passos Coelho
Dr. Santana-Maia – Candidato do PSD à CM de Abrantes
Dr. Miguel Relvas – Deputado e Coordenador Autárquico

 

28 Fevereiro 2009

 

Programa da Visita 

Hora
Local
Tema
11H00
Fontes – Miradouro
Visita
12H00
Aldeia do Mato – Parque Náutico
Visita e
Conferência de Imprensa
12H45 – 14H00
Carvalhal
Almoço
14H15
Souto – Sede da Junta
Recepção
14H30
 
Início da Palestra
15H45
 
Fim da Palestra

 Programa da Palestra 

Hora
Orador
Tema
14H30
Diogo Valentim
Boas Vindas
14H35
Gonçalo Oliveira
Balanço da visita
14H40
Miguel Relvas
 
14H45
Santana-Maia
Propostas programáticas
15H00
Pedro Passos Coelho
Turismo e Ruralidade
15H30
Público
Questões

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 26.02.09

PEDRO PASSOS COELHO VISITA O CONCELHO

 

Pedro Passos Coelho vai acompanhar Santana Maia, o candidato do PSD à Câmara de Abrantes nas próximas eleições autárquicas, numa visita a três freguesias do concelho, no sábado, 28 de Fevereiro.

A visita começa às 11 horas, na freguesia de Fontes, junto ao miradouro, seguindo depois para o parque náutico de Aldeia do Mato.

Depois de um almoço no Carvalhal, a comitiva do PSD será recebida na sede da Junta de Freguesia do Souto, onde,
pelas 14h30, terá início uma palestra sobre “o turismo e as ruralidades”.
 
Os oradores são Santana Maia, Pedro Passos Coelho, Miguel Relvas, coordenador autárquico do PSD, e outros responsáveis locais do partido.
 
in O Ribatejo de 26/2/2009

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

SML 1b.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Setembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D