Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

COLUNA VERTICAL

"Barcelona respira liberdade e harmonia por todos os poros."

Santana-Maia Leonardo - in Nova Aliança    O slogan do PSD das últimas legislativas é enganador porque transmite a falsa ideia de que a hora de mudar era agora, quando, na verdade, agora só vamos mudar pela força das circunstâncias e com grande dose de sofrimento, em virtude de não termos mudado quando devíamos, ou seja, há muito tempo.   Em boa verdade, nós, (...)
Santana-Maia Leonardo - in Nova Aliança    O panfleto que o PS intitula pomposamente de programa eleitoral só tem comparação com certas moções de estratégia que por aí são aprovadas, feitas de lugares comuns, banalidades e outras vulgaridades, que só a boa educação ou a ignorância dos ouvintes os impede de desatar a rir às gargalhadas, para mais quando são (...)
Wolfgang Münchau - in Financial Times de 8/5/11   A gestão portuguesa da crise tem sido assustadora. O primeiro-ministro José Sócrates optou por adiar até ao último momento o pedido de ajuda financeira.   A sua comunicação na semana passada foi um apogeu tragicómico da crise. Com o País no limiar da bancarrota, vangloriou-se na televisão nacional de ter assegurado um acordo melhor do que o da Irlanda e que o da Grécia. E acrescentou que o acordo não traria grandes (...)
Santana-Maia Leonardo - in Nova Aliança   A geração Sócrates tomou, literalmente, conta dos partidos portugueses. Trata-se de uma geração que aprendeu a usar os princípios e os valores apenas como arma de arremesso para agredir os adversários, sem nunca os aplicar às suas condutas, que se regem apenas pelos seus mais mesquinhas interesses particulares. Ou seja, é (...)
Medina Carreira    Bom, dado o que está em causa é tão só o futuro dos nossos filhos e a própria sobrevivência da democracia em Portugal, não me parece exagerado perder algum tempo a desmontar a máquina de propaganda dos bandidos que se apoderaram do nosso país.   Já sei que alguns de vós estão fartos de ouvir falar disto e não querem saber, que sou deprimente, (...)
  Rómulo Machado é a melhor prova de que a verdadeira independência nada tem a ver com a militância partidária ou o apartidarismo militante.   E num país, onde a esmagadora maioria se acotovela para arranjar um lugar na mesa do Orçamento de Estado ou vive das migalhas que vão caindo da mesa, ainda se torna mais digno de admiração a coragem de Rómulo Machado ao dizer o óbvio na cara dos seus camaradas socialistas que, no congresso, cerravam fileiras em torno do "nosso (...)
16 Abr, 2011

COMO FOI POSSÍVEL?

José Manuel Fernandes - in Público de 2/4/11   (...) Há mais de três anos, em Janeiro de 2008, numa altura em que o país bem- pensante ainda andava embeiçado pelo personagem, António Barreto, num artigo de opinião no PÚBLICO, escrevia: “Não sei se Sócrates é fascista. Não me parece, mas sinceramente, não sei. De qualquer modo, o importante não está aí. O que ele não suporta é a independência dos outros, das pessoas, das organizações, das empresas ou das (...)