Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL


Sábado, 16.04.11

A ESTATÍSTICA E A VERDADE

Extracto do livro "A LUZ DO MUNDO" entrevista a Bento XVI 

 

A estatística não se pode transformar num critério moral.

 

Já é suficientemente grave que as sondagens de opinião pública se tornem um critério das decisões políticas e se comece a ver onde se ganha mais adeptos, em vez de se perguntar o que está certo.

 

O mesmo acontece com os resultados de inquéritos que estudam o que se faz e como se vive, em vez de se terem com base o critério do verdadeiro e do certo.



Autoria e outros dados (tags, etc)

Sábado, 02.04.11

A DITADURA DO RELATIVISMO

Extracto do livro "A LUZ DO MUNDO" entrevista a Bento XVI 

 

Vai-se constituindo uma ditadura do relativismo que nada reconhece como definitivo e que deixa como última medida apenas o próprio eu e as suas vontades. (...)



Está-se a difundir uma nova intolerância, isso é óbvio. Existem regras ensaiadas de pensamento que são impostas a todos e que são depois anunciadas como uma espécie de tolerância negativa. (...) Que em nome da tolerância seja abolida a própria tolerância é uma verdadeira ameaça perante a qual nos encontramos. (...)

 

Como dizia Santo Agostinho, a História mundial é uma luta entre dois tipos de amor: o amor por si próprio - até à destruição do mundo - e o amor pelo Outro - até à renúncia de si próprio. Esta luta, que sempre pudemos presenciar, também está a acontecer agora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sábado, 12.03.11

A CATÁSTROFE GLOBAL

Extracto do livro "A LUZ DO MUNDO" entrevista a Bento XVI 

 

Conhecimento é poder. Ou seja, quando eu conheço, também posso dispor. O conhecimento trouxe poder, mas de uma forma que faz com que nós, com o nosso próprio poder, também consigamos destruir precisamente o mundo que julgamos ter compreendido.

 

Torna-se assim claro que, na combinação habitual do conceito de progresso feito de conhecimento e poder, falta um ponto de vista essencial, que é o do aspecto do bem. A questão é: o que é bom? Para onde o conhecimento deve orientar o poder? Trata-se apenas de poder, precisamente, dispor de uma vez por todas - ou também se deverá colocar a questão da dimensão interior, a questão do que é bom para os homens, para o Mundo? E isso, penso eu, ainda não aconteceu suficientemente.

 

No fundo, é por isso que o aspecto ético, ao qual respeita responsabilidade perante o Criador, não tem lugar. Quando apenas se estimula o poder individual, derivado do conhecimento individual, esse tipo de progresso torna-se abertamente destrutivo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

SML 1b.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Setembro 2019

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D