Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL


Terça-feira, 21.12.10

CARTA AO DIRECTOR DE "O RIBATEJO"

Santana-Maia Leonardo 

  

Foi com surpresa que acabei de ler a notícia na última página da edição do passado dia 17 de Dezembro intitulada «Santana Maia corta com o PSD de Abrantes».

 

Com efeito, não é verdade que eu tenha cortado com o PSD de Abrantes, de Santarém ou de Lisboa. O que eu disse e reafirmo é substancialmente diferente. Ou seja, apesar de me sentir absolutamente defraudado, «vou cumprir o meu mandato até ao fim, honrando o contrato eleitoral com o partido e os eleitores de Abrantes».

  

E o contrato eleitoral com o partido pressupõe, inevitavelmente, a disponibilidade dos vereadores para ouvirem e debaterem com os militantes e os órgãos do partido (de secção, concelhios, distritais e nacionais) tudo o que tenha a ver e seja do interesse do município de Abrantes.

 

Agora o que já não estou disponível é para participar noutro tipo de acções partidárias (que extravasem as minhas funções de vereador), porque não só não estou interessado em ser candidato ou nomeado para o que quer que seja como também porque, findo o meu mandato de vereador, considero terminada a minha relação com o partido em termos de actividade estritamente político-partidária.

 

Salvo melhor opinião, acho que isto não é muito difícil de perceber. Ou será que, pelo simples facto de ter sido candidato nas últimas eleições, tenho de ser obrigatoriamente candidato nas próximas ou ser candidato a outra coisa qualquer no partido?

 

Eu sei que não é muito vulgar, em Portugal, um pessoa cumprir aquilo a que se comprometeu, mas não é certamente por culpa daqueles que honram os seus compromissos que o país está como está.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo, 01.08.10

PSD QUER CONHECER PROCESSO JUDICIAL

O RIBATEJO on-line de 15/7/10

 

Os eleitos do PSD na Câmara Municipal de Abrantes pediram à actual presidente da autarquia, Maria do Céu Albuquerque, uma cópia integral do despacho de arquivamento do processo judicial que envolveu o seu antecessor, Nelson de Carvalho.

 

“Não basta ser apresentada uma conta, queremos saber as parcelas”, disse ao nosso jornal o vereador Santana-Maia Leonardo, explicando que os social-democratas querem saber a fundamentação jurídica da decisão do procurador do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Évora.

 

Sobre o ex-autarca, que governou o município durante 16 anos, recaíam suspeitas de irregularidades durante a construção de um aterro sanitário na freguesia da Concavada, concretamente em erros nos autos de medição da volumetria da obra.

 

“Pelo facto de não ter sido considerada a existência de um crime, não quer dizer que não tenha existido um ilícito, ou um acto eticamente reprovável”, salientou Santana-Maia Leonardo, que é jurista de profissão.

 

O pedido a Maria do Céu Albuquerque, eleita pelo PS, foi também feito porque Nelson de Carvalho apenas entregou à Câmara o despacho de arquivamento de um processo judicial investigado enquanto desempenhou funções de presidente, adiantou ainda o vereador do PSD.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 26.02.09

PEDRO PASSOS COELHO VISITA O CONCELHO

 

Pedro Passos Coelho vai acompanhar Santana Maia, o candidato do PSD à Câmara de Abrantes nas próximas eleições autárquicas, numa visita a três freguesias do concelho, no sábado, 28 de Fevereiro.

A visita começa às 11 horas, na freguesia de Fontes, junto ao miradouro, seguindo depois para o parque náutico de Aldeia do Mato.

Depois de um almoço no Carvalhal, a comitiva do PSD será recebida na sede da Junta de Freguesia do Souto, onde,
pelas 14h30, terá início uma palestra sobre “o turismo e as ruralidades”.
 
Os oradores são Santana Maia, Pedro Passos Coelho, Miguel Relvas, coordenador autárquico do PSD, e outros responsáveis locais do partido.
 
in O Ribatejo de 26/2/2009

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 10.11.08

EURICO HEITOR CONSCIÊNCIA APOIA

in jornal "O Ribatejo" (edição de 7-11-2008)

 

O advogado Eurico Heitor Consciência fez questão de salientar que o seu apoio a Santana Maia não é uma questão partidária e que está apenas a «apoiar um colega pelo respeito, amizade e consideração».

 

Heitor Consciência salientou que Santana Maia tem uma virtude fundamental: «é politicamente incorrecto».

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo, 09.11.08

SANTANA MAIA QUER ACABAR COM OS TACHOS

in jornal "O Ribatejo" (edição de 7-11-2008)

 

O advogado Santana Maia é o candidato do PSD à Câmara de Abrantes nas próximas eleições autárquicas. A apresentação oficial do candidato foi feita a semana passada numa cerimónia que juntou apoios de peso ao candidato, nomeadamente, do reconhecido advogado abrantino Eurico Heitor Consciência e do presidente da Câmara Municipal de Santarém, Francisco Moita Flores, que marcaram presença para “apadrinhar” e apoiar a candidatura de Santana Maia. Lá estiveram também Miguel Relvas, deputado e coordenador distrital do PSD para as próximas eleições autárquicas, o líder da distrital do PSD, Vasco Cunha, vice-presidente da distrital, Octávio Oliveira, o presidente da concelhia de Abrantes, Gonçalo Oliveira, Ricardo Gonçalves, presidente da concelhia do PSD de Santarém, entre muitos militantes abrantinos.

 

No seu primeiro discurso enquanto candidato, Santana Maia classificou a sua candidatura como “uma batalha de Aljubarrrota” para “pela independência de cada um [dos abrantinos] face ao poder político”. “Tal como em Aljubarrota, o nosso combate vai ter de ser feito com o povo e os homens livres deste concelho, porque a nobreza de Abrantes, cujos cargos, tachos e penachos dependem da câmara e do Governo, está toda ao lado de Castela, ou seja, do poder socialista”, afirmou Santana Maia. O candidato afirma-se desiludido com a classe política que, na sua opinião, que “transformou o Estado e as autarquias num monstro com tentáculos enormes que esmaga, sufoca e asfixia todas as pessoas e empresas”. Santana Maia diz ainda que “se o PS é o pai biológico do monstro, o PSD é o seu pai afectivo porque sempre que esteve no poder alimentou-o e acarinhou-o como se fosse seu filho”.

 

Miguel Relvas sublinhou que Santana Maia é uma “alternativa autárquica credível” para Abrantes e que pode ajudar a tornar o concelho mais competitivo. “Abrantes é hoje menos competitiva. Torres Novas passou-nos à frente”, comparou o deputado. Relvas disse ainda que é preciso destronar o actual poder socialista na Câmara, que já governa os destinos de Abrantes há 15 anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

SML 1b.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Julho 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D