Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COLUNA VERTICAL


Quarta-feira, 27.04.11

PARQUE DE ESTACIONAMENTO DO HOSPITAL

in Mirante de 21/4/11

 

A Câmara de Abrantes aprovou uma proposta que visa a requalificação de um espaço situado junto à entrada do hospital da cidade e que é habitualmente utilizado para estacionamento automóvel por quem se desloca aquela unidade de saúde.

 

A intenção é melhorar o piso, que se apresenta muito irregular e com pedras salientes o que dificulta o acesso dos automobilistas.

 

A proposta foi apresentada pelos vereadores do PSD e aprovada por unanimidade na última reunião do executivo.

 

    

 

Ver posts relacionados:

Reunião da câmara de 4/4/11 (IV)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 14.04.11

REUNIÃO DA CÂMARA - 21/3/11 (acta fls.9-10)

PONTO Nº5 - ESTACIONAMENTO NO CENTRO HISTÓRICO

 

Proposta de Deliberação dos vereadores eleitos pelo PSD, Santana Maia e Belém Coelho, relativa ao estacionamento no Centro Histórico, que se transcreve abaixo:

 

Com o encerramento das ruas do centro histórico, a colocação de pinos impossibilitando os estacionamentos de urgência e a reserva dos poucos lugares de estacionamento para os seus veículos, a Câmara Municipal de Abrantes tornou extremamente difícil o acesso aos Largos do Município e Dr Ramiro Guedes, afectando gravemente a viabilidade económica do comércio desta zona do centro histórico e prejudicando seriamente a vida dos munícipes que têm de tratar de assuntos na Câmara. E como se isso já não bastasse, a Câmara ainda colocou um pino na entrada do Largo do Município, junto à Farmácia Silva, impossibilitando, desta forma, o acesso àquele que é praticamente o único lugar onde pode estacionar de urgência e sem prejudicar o trânsito uma ambulância ou um veículo com um doente que necessite de comprar um medicamento.

 

Todos sabemos que a Câmara tem muitos projectos de parques de estacionamento para a zona histórica. No entanto, enquanto os parques de estacionamento projectados não estiverem em funcionamento, urge adoptar soluções, ainda que provisórias, para, por um lado, ajudar o comércio desta zona na sua luta desesperada pela sobrevivência e, por outro, dar comodidade às pessoas que se tenham ou queiram deslocar aos Largos do Município e Dr Ramiro Guedes, seja para tratar de assuntos na Câmara, para comprar um medicamento na Farmácia, para tomar um café ou fazer compras. Sendo certo que, a manter-se a situação como está, há mesmo o risco de a própria Farmácia Silva associar-se ao movimento de debandada geral do centro histórico, tornando esta zona ainda mais árida e menos procurada.

 

Além disso, um parque de estacionamento pago, ainda que provisório, é sempre uma fonte de receita para o município. Acresce que, face à manifesta situação de emergência em que vive o comércio desta zona da cidade, torna-se imperioso que o Município tenha a coragem de sacrificar a estética para salvar o doente.

 

Em face do exposto, os vereadores eleitos pelo PSD vêm apresentar a seguinte proposta de deliberação, requerendo, desde já, o seu agendamento:

 

     (1) Deverá ser retirado o pino da entrada do Largo do Município junto à Farmácia Silva;

    

     (2) Parte do Largo do Município (entre a Farmácia e a estátua central), toda a frente do Largo Dr. Ramiro Guedes e a zona da Praça Barão da Batalha em frente da pensão aí existente deverão ser, provisoriamente, destinadas a parque de estacionamento pago.

 

A presidente da câmara disse considerar extemporânea a aprovação avulsa desta proposta, sem que esteja concluído o projecto da regeneração urbana que ainda está em curso. Esclareceu que o pino existente faz falta no local e que deve estar fechado, ainda que algumas pessoas já tenham conseguido criar uma forma de o abrir. A opção da autarquia, ainda que não seja obrigatória por lei, passa pelo levantamento dos locais e pela criação de um lugar para os utentes das farmácias, em igualdade de circunstâncias. Isso será imediato e a Câmara Municipal está em condições de o fazer. Abrir estas excepções de estacionamento e circulação é despropositado e abre precedentes. Além disso, por implicar obras, nunca seria uma medida provisória. Assim, a posição assumida por parte dos elementos do executivo em efectividade de funções é a de rejeitar a proposta no imediato, mas de a considerar no âmbito do trabalho que está em desenvolvimento de regeneração urbana.

 

O vereador Santana Maia esclareceu que a presente proposta surge no seguimento das preocupações demonstradas pelos comerciantes desta zona. Estão cientes que o estacionamento é uma preocupação do projecto de regeneração urbana, mas que os comerciantes não poderão esperar pela resolução desta situação por dois ou três anos. (...)

 

A presidente da câmara disse ainda que a circulação do trânsito pode alterar alguma coisa o comércio, no entanto não é suficiente, porque devem de existir outras dinâmicas.  As zonas pedonais são muito importantes e devem ser mantidas, razão pela qual se está a proceder a algumas alterações nos pisos, após as intervenções dos Serviços Municipalizados.

 

-----------------------------------------------------------------

Deliberação: A proposta foi rejeitada por maioria com os votos contra dos vereadores eleitos pelo PS e pelo ICA e os votos a favor dos vereadores eleitos pelo PSD. 

------------------------------------------------------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 07.04.11

REUNIÃO DA CÂMARA DE 4/4/11 (VII)

PONTO Nº5 - TAPADA DO CHAFARIZ (PARQUE DE ESTACIONAMENTO E PASSADEIRA)

Proposta dos vereadores do PSD 

 

Proposta de Deliberação dos Vereadores eleitos pelo PSD, Santana-Maia Leonardo e António Belém Coelho, sobre o parque de estacionamento nas traseiras da Tapada do Chafariz, em Abrantes, que abaixo se transcreve:

 

“Nas traseiras da Tapada do Chafariz, junto ao Tribunal de Trabalho, funciona há vários anos um dos parques de estacionamento mais procurados e concorridos de Abrantes, que dá apoio não só ao Tribunal de Trabalho como também ao comércio e serviços da Tapada do Chafariz e da Rua de Angola.

 

O local encontra-se, no entanto, em estado da mais absoluta degradação, com valas cavadas pela passagem das águas da chuva e dos carros, o que dificulta a circulação automóvel.

 

Na reunião de 26 de Julho de 2010, em que apresentámos este assunto e sugerimos a intervenção da câmara, a senhora presidente respondeu que a falta de estacionamentos na Tapada do Chafariz seria resolvido com a construção do parque de estacionamento subterrâneo no Largo 1º de Maio.

 

Acontece que a Tapada do Chafariz é uma zona comercial bastante frequentada e que não pode dispensar a utilização do referido parque de estacionamento.

 

Por outro lado, tal como também chamámos a atenção na referida reunião da câmara, na entrada da Tapada do Chafariz (entroncamento com a Avenida 25 de Abril), não existe qualquer passadeira de peões, o que põe em risco a sua segurança, uma vez que são obrigados a atravessar a estrada numa zona de grande movimento de trânsito.

 

Por outro lado, existe no passeio, antes deste entroncamento, tendo em conta o sentido de quem desce pelo lado esquerdo a Avenida 25 de Abril, um mupi de publicidade, que retira a visibilidade aos peões e automobilistas, e dois pequenos degraus que impedem a circulação dos peões que se desloquem em cadeira de rodas ou com um carrinho de bebés.

 

A senhora presidente respondeu, na altura, que esta situação seria resolvida com intervenção, a executar por empreitada, na envolvente da zona do Vale da Fontinha.

 

Acontece que, nas últimas duas semanas, precisamente na zona referida dos mupi’s e dos gradeamentos, assistiu-se a três quedas (duas pessoas de idade e uma senhora com carrinho de bebé) que poderiam ter tido consequências fatais para os dois idosos.

 

Também aqui a segurança dos peões não pode esperar pela empreitada da zona do Vale da Fontinha, exigindo-se uma intervenção pontual, ainda que provisória.

 

Pelo exposto, os vereadores do PSD vêm apresentar a seguinte proposta, requerendo, desde já, o seu agendamento:

 

     (1)  Intervenção urgente no parque de estacionamento da Tapada do Chafariz com vista a dotá-lo das condições indispensáveis para funcionar como parque de estacionamento.

 

     (2)  Colocação da passadeira e retirada do mupi de publicidade e dos degraus existentes no entroncamento da Tapada do Chafariz com a Avenida 25 de Abril.”

 

--------------------------------- 

Deliberação: A proposta foi rejeitada com os votos contra dos vereadores eleitos pelo PS e com a abstenção do vereador eleito pelo ICA.  

--------------------------------- 

Ver posts relacionados:

Reunião da câmara de 26/7/10 (acta fls.6-7)

Reunião da câmara de 26/7/10 (acta fls.6)

Reunião da câmara de 26/7/10 (III)

Reunião da câmara de 26/7/10 (II)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 06.04.11

REUNIÃO DA CÂMARA DE 4/4/11 (IV)

HOSPITAL - PARQUE DE ESTACIONAMENTO

Proposta dos vereadores do PSD

 

O terreno localizado à esquerda do portão da entrada do Hospital de Abrantes é utilizado como parque de estacionamento por grande número de utentes e familiares, em virtude de os parques de estacionamento existentes serem insuficientes.

 

Acontece que existe no local umas irregularidades rochosas que dificultam a entrada e saída dos carros, sobretudo, dos mais baixos.

 

Ora, basta apenas um pouco de boa vontade para facilitar a vida às pessoas que necessitam de se deslocar ao hospital.

 

Com efeito, o trabalho de pouco mais de meia-hora de uma máquina poderia criar as condições mínimas para que o local pudesse continuar a ser utilizado como parque de estacionamento sem causar estragos aos veículos mais baixos.

 

Pelo exposto, os vereadores do PSD vêm apresentar a seguinte proposta, requerendo, desde já, o seu agendamento:

 

     Arranjo do terreno situado à esquerda do portão da entrada do Hospital de Abrantes com vista a poder continuar a funcionar como parque de estacionamento, sem causar danos aos veículos que o têm de utilizar.

 

-----------------------------------------------------------------

Deliberação: Aprovada por unanimidade. 

------------------------------------------------------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 22.03.11

REUNIÃO DA CÂMARA DE 21/3/11 (extracto III)

TAPADA DO CHAFARIZ - PARQUE DE ESTACIONAMENTO E PASSADEIRA

Proposta dos vereadores do PSD 

 

Nas traseiras da Tapada do Chafariz, junto ao Tribunal de Trabalho, funciona há vários anos um dos parques de estacionamento mais procurados e concorridos de Abrantes, que dá apoio não só ao Tribunal de Trabalho como também ao comércio e serviços da Tapada do Chafariz e da Rua de Angola.

 

O local encontra-se, no entanto, em estado da mais absoluta degradação, com valas cavadas pela passagem das águas da chuva e dos carros, o que dificulta a circulação automóvel.

 

Na reunião de 26 de Julho de 2010, em que apresentámos este assunto e sugerimos a intervenção da câmara, a senhora presidente respondeu que a falta de estacionamentos na Tapada do Chafariz seria resolvido com a construção do parque de estacionamento subterrâneo no Largo 1º de Maio.

 

Acontece que a Tapada do Chafariz é uma zona comercial bastante frequentada e que não pode dispensar a utilização do referido parque de estacionamento.

 

Por outro lado, tal como também chamámos a atenção na referida reunião da câmara, na entrada da Tapada do Chafariz (entroncamento com a Avenida 25 de Abril), não existe qualquer passadeira de peões, o que põe em risco a sua segurança, uma vez que são obrigados a atravessar a estrada numa zona de grande movimento de trânsito.

 

Por outro lado, existe no passeio, antes deste entroncamento, tendo em conta o sentido de quem desce pelo lado esquerdo a Avenida 25 de Abril, um mupi de publicidade, que retira a visibilidade aos peões e automobilistas, e dois pequenos degraus que impedem a circulação dos peões que se desloquem em cadeira de rodas ou com um carrinho de bebés.

 

A senhora presidente respondeu, na altura, que esta situação seria resolvida com intervenção, a executar por empreitada, na envolvente da zona do Vale da Fontinha.

 

Acontece que, nas últimas duas semanas, precisamente na zona referida dos mupi’s e dos gradeamentos, assistiu-se a três quedas (duas pessoas de idade e uma senhora com carrinho de bebé) que poderiam ter tido consequências fatais para os dois idosos.

 

Também aqui a segurança dos peões não pode esperar pela empreitada da zona do Vale da Fontinha, exigindo-se uma intervenção pontual, ainda que provisória.

 

Pelo exposto, os vereadores do PSD vêm apresentar a seguinte proposta, requerendo, desde já, o seu agendamento:

 

     (1)   Intervenção urgente no parque de estacionamento da Tapada do Chafariz com vista a dotá-lo das condições indispensáveis para funcionar como parque de estacionamento.

 

     (2)   Colocação da passadeira e retirada do mupi de publicidade e dos degraus existentes no entroncamento da Tapada do Chafariz com a Avenida 25 de Abril.

 

Ver posts relacionados:

Reunião da câmara de 26/7/10 (acta fls.6)

Reunião da Câmara de 26/7/10 (acta fls.6 e 7)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sábado, 05.03.11

REUNIÃO DA CÂMARA DE 4/3/11 (II)

PARQUE DE ESTACIONAMENTO NO LARGO DO MUNICÍPIO

Proposta dos vereadores do PSD 

 

Com o encerramento das ruas do centro histórico, a colocação de pinos impossibilitando os estacionamentos de urgência e a reserva dos poucos lugares de estacionamento para os seus veículos, a Câmara Municipal de Abrantes tornou extremamente difícil o acesso aos Largos do Município e Dr Ramiro Guedes, afectando gravemente a viabilidade económica do comércio desta zona do centro histórico e prejudicando seriamente a vida dos munícipes que têm de tratar de assuntos na Câmara.

 

E como se isso já não bastasse, a Câmara ainda colocou um pino na entrada do Largo do Município, junto à Farmácia Silva, impossibilitando, desta forma, o acesso àquele que é praticamente o único lugar onde pode estacionar de urgência e sem prejudicar o trânsito uma ambulância ou um veículo com um doente que necessite de comprar um medicamento.

 

Todos sabemos que a Câmara tem muitos projectos de parques de estacionamento para a zona histórica.

 

No entanto, enquanto os parques de estacionamento projectados não estiverem em funcionamento, urge adoptar soluções, ainda que provisórias, para, por um lado, ajudar o comércio desta zona na sua luta desesperada pela sobrevivência e, por outro, dar comodidade às pessoas que se tenham ou queiram deslocar aos Largos do Município e Dr Ramiro Guedes, seja para tratar de assuntos na Câmara, para comprar um medicamento na Farmácia, para tomar um café ou fazer compras.

 

Sendo certo que, a manter-se a situação como está, há mesmo o risco de a própria Farmácia Silva associar-se ao movimento de debandada geral do centro histórico, tornando esta zona ainda mais árida e menos procurada.

 

Além disso, um parque de estacionamento pago, ainda que provisório, é sempre uma fonte de receita para o município.

 

Acresce que, face à manifesta situação de emergência em que vive o comércio desta zona da cidade, torna-se imperioso que o Município tenha a coragem de sacrificar a estética para salvar o doente.

 

Em face do exposto, os vereadores eleitos pelo PSD vêm apresentar a seguinte proposta de deliberação, requerendo, desde já, o seu agendamento:

 

     1.   Deverá ser retirado o pino da entrada do Largo do Município junto à Farmácia Silva;

 

     2.   Parte do Largo do Município (entre a Farmácia e a estátua central), toda a frente do Largo Dr. Ramiro Guedes e a zona da Praça Barão da Batalha em frente da pensão aí existente deverão ser, provisoriamente, destinadas a parque de estacionamento pago.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 13.08.10

REUNIÃO DA CÂMARA - 26/7/10 (acta 6-7)

TAPADA DO CHAFARIZ - PARQUE DE ESTACIONAMENTO

Resposta presidente da câmara ao pedido de esclarecimento dos vereadores do PSD

 

A vereadora Elsa Cardoso apresentou um pedido de esclarecimentos também subscrito pelos Vereadores do PSD presentes relativo ao parque de estacionamento na Tapada do Chafariz, em Abrantes, conforme abaixo se transcreve:

 

“Nas traseiras da Tapada do Chafariz, junto ao Tribunal de Trabalho, funciona há vários anos um dos parques de estacionamento mais procurados e concorridos de Abrantes, que dá apoio não só ao Tribunal de Trabalho como também ao comércio e serviços da Tapada do Chafariz e da Rua de Angola.

 

O local encontra-se, no entanto, em estado da mais absoluta degradação, com valas cavadas pela passagem das águas da chuva e dos carros, o que dificulta a circulação automóvel.

 

Pelo exposto e uma vez que se trata de um dos poucos parques de estacionamento existentes nesta zona da cidade, vimos solicitar que nos informe se já está agendado o arranjo deste espaço, alindando-o e dotando-o das condições indispensáveis para funcionar como parque de estacionamento.”

 

A presidente da câmara informou que a autarquia, no âmbito da intervenção no Vale da Fontinha, que atrás referiu, e da construção de um parque de estacionamento subterrâneo no Largo 1º de Maio, que espera levar a cabo nos próximos anos, pretende a criação de muitos lugares de estacionamento. Assim, colmatando-se a falta de estacionamento com estas duas obras, não haverá intervenção profunda no parque de estacionamento na Tapada do Chafariz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 28.07.10

REUNIÃO DA CÂMARA DE 26 DE JULHO (III)

TAPADA DO CHAFARIZ - PARQUE DE ESTACIONAMENTO

Pedido de esclarecimento dos vereadores do PSD

 

Nas traseiras da Tapada do Chafariz, junto ao Tribunal de Trabalho, funciona há vários anos um dos parques estacionamento mais procurados e concorridos de Abrantes, que dá apoio não só ao tribunal de Trabalho como também ao comércio e serviços da Tapada do Chafariz e da Rua de Angola.

 

O local encontra-se, no entanto, em estado da mais absoluta degradação, com valas cavadas pela passagem das águas da chuva e dos carros, o que dificulta a circulação automóvel.

 

Pelo exposto e uma vez que se trata de um dos poucos parques de estacionamento existentes nesta zona da cidade, vimos solicitar que nos informe se já está agendado o arranjo deste espaço, alindando-o e dotando-o das condições indispensáveis para funcionar como parque de estacionamento.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Perfil

SML 1b.jpg



Visitantes


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Quimeras


Alma, Eléctrico!


Livros

Capa - 3ª Edição.jpg

Capa - Frente.jpg

Capa Bocage.jpg 

Capa.jpg 

Eléctrico - Um Clube com Alma.jpg

Mistério Sant Quat (I).jpg


Livros-vídeo


eBooks




calendário

Maio 2019

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D